Polícia Civil prende homem que espancou o pai e roubou R$ 1 mil

O pai de Aldinei Oliveira Souza, 29 anos, apresenta inúmeras sequelas: não anda, fala com dificuldades e usa fraldas

atualizado 13/10/2021 14:13

Homem espanca pai no DFDivulgação PCDF

Policiais da 8ª Delegacia de Polícia (Estrutural) prenderam, nessa terça-feira (12/10), por tentativa de homicídio, Aldinei Oliveira Souza, 29 anos, foragido desde agosto. Ele é acusado de espancar o pai, de 56. Segundo a investigação, Aldinei invadiu a casa dos pais, agrediu o pai e, depois, foi para uma festa, onde postou vídeos nas redes sociais.

A vítima teve o pulmão perfurado e costelas quebradas e ficou internado em estado grave no Hospital Regional de Taguatinga (HRT). O pai de Aldinei ficou inúmeras sequelas: não anda, fala com dificuldades e usa fraldas geriátricas.

Veja o momento da prisão:

À época, segundo a mãe de Aldinei, em depoimento à Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), o autor teria pulado o muro da casa e, sem dizer nada, passou a agredir o pai, deixando-o desacordado. Antes de ir embora, Aldinei quebrou dois celulares e roubou R$ 1 mil da carteira dos pais.

Homem espanca pai no DF

De acordo com a ocorrência, após tentar matar o pai, Aldinei mandou vídeo, retirado da internet, para a mãe e a irmã. Nas imagens, um rapaz mostra o corpo de um homem ensanguentado, jogado em um colchão. No chão, a língua da vítima, decepada.

“Chico Pereira tá dormindo. Olha a língua do infeliz. É um miserável, mesmo”, afirmou.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Jane Klébia, o vídeo foi enviado como ameaça.

Veja vídeo do jovem na festa, após espancar o pai:

Em contato telefônico com a mãe, o autor declarou que atacou o pai, pois ele praticava violência doméstica contra ela. Em depoimento, a mãe e irmã de Aldinei negaram que, no dia das agressões, tivesse ocorrido algo que motivasse o espancamento.

Últimas notícias