PCDF procura motorista que “fechou” carro e provocou morte

De acordo com a Polícia Civil, o veículo acusado de causar o acidente é um Hyundai Azera de cor preta. Ele fugiu do local

ReproduçãoReprodução

atualizado 14/12/2018 16:17

A Polícia Civil do Distrito Federal procura pelo motorista do Hyundai Azera de cor preta acusado de provocar o acidente que matou Irineu Alves da Silva, de 25, e feriu dois passageiros, de 20 e 27 anos. Eles estavam no Chevrolet Corsa preto que perdeu o controle e caiu do viaduto na L4 Sul, próximo à Ponte das Garças, na madrugada desta sexta-feira (14/12).

O motorista Irineu Alves da Silva (foto em destaque) não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Ele e os passageiros voltavam do restaurante onde trabalham como cozinheiros, na 411 Sul. De acordo com informações da Polícia Militar, testemunhas relataram que o veículo foi fechado pelo Hyundai Azera de cor preta, que fugiu do local.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar socorro. Os sobreviventes receberam atendimento dos militares e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foram transportados com ferimentos diversos ao Instituto Hospital de Base (IHB).

Uma das três faixas precisou ser interditada durante o socorro. O local foi isolado pela PMDF no decorrer do trabalho dos bombeiros e da realização da perícia.

Em nota, o restaurante ‘A Mano, onde as vítimas trabalhavam, disse que se sensibiliza “profundamente com o sofrimento da família”. De acordo com a assessoria de imprensa da casa, o funcionário era “muito querido por todos” e o estabelecimento está de luto pela morte de Irineu.

 

Últimas notícias