PCDF prende suspeito de degolar mulher e abandonar corpo em lote

Homem confessou ter sido autor dos golpes que vitimaram Daiane Gomes da Silva em Santa Maria

Material cedido ao MetrópolesMaterial cedido ao Metrópoles

atualizado 10/09/2019 15:33

Investigadores da 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria) prenderam, nesta terça-feira (10/09/2019), um homem acusado de assassinar Daiane Gomes da Silva, 32 anos. De acordo com o delegado Alberto Rodrigues, o suspeito, identificado como E. M. B., confessou ter sido o autor dos golpes que mataram a mulher.

Segundo Rodrigues, o preso, no entanto, “alegou que não tinha intenção de matar Daiane”. “Contradiz as evidências coletadas na cena do crime, uma vez que os golpes na região da cabeça foram desferidos repetidas vezes, ao menos quatro”, ressaltou o delegado.

O suspeito é usuário de drogas e o local onde ocorreu o homicídio é utilizado com frequência por usuários de entorpecentes. A PCDF desconfia que o crime tenha sido motivado por acerto de contas.

O corpo de Daiane foi localizado por volta de 12h30 de segunda-feira (09/09/2019) em lote abandonado de Santa Maria. Ele apresentava cortes profundos na região da garganta. No lote, localizado na CL 114, ao lado do supermercado Vivendas, a polícia encontrou uma garrafa quebrada, possivelmente usada como arma do crime.

No corpo de Daiane, havia ainda lesões no queixo e na cabeça. Materiais genéticos foram colhidos na cena do crime, onde digitais eram perceptíveis. Entre as linhas de investigação, estão homicídio e feminicídio.

O delegado Rodrigo Telho, chefe da 33ª DP (Santa Maria), calcula que o assassinato tenha ocorrido por volta de 1h de segunda (09/09/2019). Vista pela última vez por familiares no domingo (08/09/2019) na companhia de um homem, a vítima tinha quatro filhos: um de 6 anos, outro de 4 e um casal de gêmeos de apenas 6 meses.

O velório de Daiane será nesta quarta-feira (11/09/2019), na Capela 2 do Cemitério do Gama. O início está previsto para as 8h. O sepultamento ocorre às 11h.

Últimas notícias