PCDF prende homem que enforcou filha de 7 anos com mangueira

Além de privar a criança de condições de higiene e cuidado, ele a espancou com um pedaço de bambu e tentou matá-la com uma mangueira

Policiais da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) prenderam em flagrante, nesta última segunda-feira (6/9), um homem de 44 anos pelos crimes de maus tratos e tentativa de feminicídio. O criminoso tentou assassinar a filha de sete anos.

Identificado como E.G.S,  o homem privou a própria filha de condições básicas de higiene e cuidado. Ele ainda enforcou a vítima com uma mangueira e lhe desferiu vários golpes utilizando um bambu. A intenção, segundo a delegacia de polícia responsável, era de matar a criança.

A menina sofreu várias lesões aparentes em diversas partes do corpo. Além de ser autuado por maus tratos e tentativa de feminicídio, E.G.S cairá nos contornos da Lei Maria da Penha.

O conselho tutelar assumiu a guarda provisória da menina.

Maus tratos

A equipe de policiais encontrou a vítima no local em “situação deplorável”: com piolhos pelo corpo, roupa rasgada, com fome, sem banho e lesionada. E.G.S afirmou que agrediu a criança pois ela “não ajudava em casa” e tinha o intuito de educá-la.

O outro filho do homem, de 11 anos, também sofre maus tratos e violência por parte do genitor. E.S.G mora com dois dos seus quatro filhos e aplica castigos constantes.

Eram recorrentes as agressões do homem aos filhos. Certa vez, segundo testemunhas, ele chegou a jogar um pedaço de madeira no filho, deslocando o dedo da criança. À polícia, o criminoso disse irritar-se com a falta de obediência das crianças. Afirmou também saber que sua filha se encontra desnutrida e maltratada, mas que a culpa é dela mesma por não lhe obedecer.

A menina já era observada pelos professores de sua escola anteriormente. De acordo com testemunhas, as crianças a evitavam por estar sempre suja e com piolhos.