Operação Breaking Bad: PCDF prende traficantes de drogas sintéticas

O criminoso batizou o comércio ilícito de “Walter White Company”, em referência à série de tevê Breaking Bad

Um traficante de 19 anos foi preso, na noite dessa quarta-feira (21/10), por equipes da 18ª Delegacia de Polícia (Brazlândia). O jovem é apontado pelos policiais como o principal responsável pela venda de drogas sintéticas na região administrativa.

A grande procura fez com que ele se tornasse fornecedor de traficantes menores. O criminoso batizou o comércio ilícito de “Walter White Company”, em referencia à série de tevê Breaking Bad.

1/5
"Walter White Company", em referencia à série de tevê Breaking Bad, foi o nome dado pelo acusado à "empresa" de comércio ilegal
O jovem de 19 anos atuava em Brazlândia
Ele foi preso em flagrante
A polícia apreendeu selos de LSD
Os agentes também apreenderam porções de maconha, balanças de precisão e ecstasy

Após investigações, os policiais flagraram o momento em que o jovem negociava 500 selos de LSD com uma mulher de 25 anos, também traficante e moradora do Plano Piloto. O encontro ocorreu na Rodoviária de Brazlândia.

Ambos foram presos em flagrante. A jovem confessou aos policiais que pretendia vender a droga na área central de Brasília. Informou, ainda, que cada selo seria vendido por R$ 35, cada.

Veja vídeo da operação:

 

Na residência dos traficantes, foram encontradas porções de maconha, balanças de precisão e ecstasy. A dupla vai responder por tráfico de drogas e está sujeita a uma pena de até 15 anos de prisão.