Quadrilha de tráfico de drogas e armas é alvo da polícia do DF e Goiás

Segundo a polícia, dois grupos instalaram-se em Alto Paraíso, entre DF e Tocantins. Uma pessoa acabou presa em flagrante por porte de arma

Policiais civis cumprem sete mandados de prisão preventiva e 13 de busca e apreensão no Distrito Federal e em Goiás para desarticular duas grandes associações criminosas especializadas em tráfico interestadual de drogas, comércio ilegal de arma de fogo, lavagem de dinheiro, associação criminosa e extorsão.

A investigação é conduzida pela Polícia Civil de Goiás e conta com apoio da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Além de cumprir as ordens judiciais, os agentes prenderam uma pessoa em flagrante por porte de arma. A equipe da corporação também localizou R$ 3 mil em dinheiro. As ações ocorrem no âmbito da segunda fase da Operação Cavalo de Troia.

Segundo a polícia, os dois grupos instalaram-se no nordeste goiano. A escolha se deu, principalmente, pela localização geográfica da cidade de Alto Paraíso, entre o DF e o estado de Tocantins.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.