Filha mantida em cativeiro foi estuprada pelo pai por 4 dias no DF

A PCDF identificou outros crimes cometidos pelo agressor, como lesão corporal, cárcere privado e Maria da Penha contra ex-companheiras

Durante quatro dias, uma mulher de 29 anos foi mantida em cárcere privado e foi estuprada seguidamente pelo próprio pai. Sempre ameaçada com facas, a vítima não conseguia escapar da violência. O suspeito, identificado como José Marcos Rodrigues Coutinho, 60 anos, foi preso em flagrante por equipes da 14ª Delegacia de Polícia (Gama), após receberem denúncia anônima sobre a violência sexual.

De acordo com as investigações, a mulher e sua mãe moram no Peru desde que ela tinha 10 anos. Na última sexta-feira (1º/4), ela desembarcou no Distrito Federal para regularizar alguns documentos, buscar um dos filhos que ainda mora no Brasil e aproveitar, também, para encontrar o pai, pois não o via desde a infância.

A mulher só conseguiu pedir ajuda e deixar de ser ser abusada nesta quarta, quando foi com o pai até um posto de atendimento do Na Hora, em Taguatinga, emitir o documento de identidade. No local, ela conseguiu avisar uma que estava sofrendo violência e ameaça. A polícia foi chamada e o suspeito acabou detido por volta das 12h.

Veja imagens das facas usadas pelo pai para ameaçar a filha durante os estupros:

1/5
Reprodução Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente. Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre o Distrito Federal por meio do WhatsApp do Metrópoles DF: […]
Reprodução Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente. Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre o Distrito Federal por meio do WhatsApp do Metrópoles DF: […]
Reprodução Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente. Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre o Distrito Federal por meio do WhatsApp do Metrópoles DF: […]
Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente. Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre o Distrito Federal por meio do WhatsApp do Metrópoles DF: (61) […]
Fruto de estupro

Segundo as apurações, a mulher de 29 anos é fruto de um estupro cometido pelo pai contra a mãe dela, quando ele ainda cumpria pena por uma série de crimes. Quando a mãe da mulher foi estuprada, ela tinha apenas 13 anos e havia ido visitar o criminoso na cadeia.

Durante as diligências, os policiais notaram que toda a vizinhança tinha medo dele e o chamavam de psicopata. A PCDF também identificou outros crimes cometidos pelo agressor, como lesão corporal, cárcere privado e Maria da Penha. Todos contra ex-companheiras. Além disso, ele tem passagem por homicídio e latrocínio.