Dívida de drogas teria motivado duplo homicídio no Vale do Amanhecer

Um homem de 41 anos e uma mulher de 27 foram encontrados mortos em Planaltina, na madrugada desta quinta-feira (19/5)

A morte de duas pessoas em Planaltina, na madrugada desta quinta-feira (17/5), teria sido motivada por uma dívida de drogas, acredita a mãe de uma das vítimas. Os dois corpos foram encontrados em uma casa no Vale do Amanhecer, ambos com cortes profundos no pescoço.

As vítimas são Antônio Carlos da Silva, 41 anos, e Thais Pereira dos Santos, 27. Segundo a mãe de Thais, a vítima usava todo tipo de droga havia pelo menos 15 anos. Ela morava com um homem, 60, e, nos últimos, ele teria pago uma dívida de compras de entorpecentes para a jovem.

Depois de essa dívida ser paga, Thais contraiu outro débito, que teria sido motivo de brigas entre Thais e o companheiro. De acordo com depoimentos prestados à polícia, o homem também teria muito ciúmes da jovem. Por fim, os dois terminaram a relação e ela saiu da casa dele.

Há três meses, Thais havia cometido furtos para conseguir dinheiro e comprar drogas. Há cerca de dois meses ela visitou a mãe e estava com um corte na testa, mas disse apenas que se machucou numa briga, sem dar detalhes. Por fim, há um mês, a mãe da mulher ficou sabendo que a filha não poderia mais frequentar o Vale do Amanhecer, pois estaria sendo ameaçada de morte.

Antônio Carlos também seria usuário de drogas, segundo informou o pai da vítima. De acordo com a PCDF, quando as equipes chegaram no local, encontraram Antônio dentro da casa, deitado no chão, e Thais estava do lado de fora da residência, encostada em um barranco, aparentemente sentada.

Os policiais acharam uma sacola contendo sustância esbranquiçada, aparentemente cocaína, na casa do casal. Além de um prato contendo o mesmo tipo de substância e um cartão ao lado, sujo pelo pó. Também havia no local do crime R$ 454.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.