Na hora mais quente desta sexta, DF bate novo recorde de calor: 37,8º C

É a temperatura mais alta de 2020. Somente nas últimas semanas, o DF atingiu picos de temperatura por cinco vezes

Após céu nublado (foto em destaque) e chuvas em áreas isoladas, o Distrito Federal bateu novo recorde de calor em 2020. Nesta sexta-feira (9/10), o Instituto de Meteorologia (Inmet) registrou 37,8ºC na estação de Águas Emendadas, no horário mais quente do dia, às 16h. Por volta das 14h, a temperatura foi de 37,7ºC.

A notícia inesperada das chuvas entre 14h e 16h trouxe ao menos um pequeno alívio: a umidade relativa do ar mais baixa do dia foi de 15%. Durante a semana, esse índice variou entre 9% e 12%.

As primeiras precipitações após longo período de estiagem foram registradas em algumas regiões da capital, como Guará, Águas Claras e Asa Norte.

Confira a chuva em alguns lugares:

Apesar do alívio momentâneo, o Inmet prevê a continuidade da onda de calor. “O clima quente continua. Sábado (10/10) e domingo (11/10) deve ter chuva, podendo até ter granizo. Mas esse chuvisco pontual vai amenizar pouco a temperatura”, assinalou o meteorologista do instituto Mamede Luiz Melo.

A umidade pelos próximos dias deve variar entre 15% e 12%.

1/6
Tempo em Brasília
Temporal atinge São Paulo
Igo Estrela/Metrópoles
Apesar do alívio momentâneo, o Inmet prevê a continuidade da onda de calor
Ruas ficaram molhadas
A umidade deve ficar em 80% e 30% nas horas mais quentes do dia