Mulher é empurrada do terceiro andar de prédio no DF

Suspeita é a cunhada da vítima, que foi encaminhada para a 21ª Delegacia de Polícia, em Taguatinga Sul

Viatura da PMDFMyke Sena/ Esp. Metrópoles

atualizado 31/01/2020 13:51

A 21ª Delegacia de Polícia investiga a queda de uma mulher de 56 anos em um prédio de Taguatinga Sul, na noite dessa quinta-feira (30/01/2020). A suspeita é a cunhada da vítima, 43, que está presa.

Maria Orácio de Lira sofreu fratura exposta nas pernas e foi encaminhada inconsciente pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Ela está internada à espera de cirurgia, segundo ocorrência registrada na unidade policial de Taguatinga Sul.

A vítima caiu do terceiro andar do prédio, de uma altura de aproximadamente sete metros, e bateu na marquise do prédio, no primeiro pavimento.

A Polícia Militar conduziu a cunhada da vítima para a 21ª DP. Agentes da delegacia foram ao hospital e a mulher confirmou que foi empurrada enquanto estava na varanda do apartamento.

O caso é tratado na 21ª DP como tentativa de homicídio. Ao serem acionados, policiais militares encontraram no prédio, localizado na CSD 5, Lote 7, de Vila Matias, diversos familiares da vítima, que tentaram invadir o apartamento onde a suspeita estava.

O Corpo de Bombeiros atendeu à ocorrência com duas viaturas e oito militares.

Últimas notícias