Morre Celso Albano, empresário e pioneiro de Brasília

Ex-presidente do BRB lutava contra câncer no fígado. ACDF emitiu nota lamentando morte e ressaltando papel de Albano, em especial nas artes

atualizado 13/05/2021 20:34

Morre Celso Albano, empresário e pioneiro de BrasíliaVinicius Santa Rosa/Metrópoles

Morreu, na manhã desta quinta-feira (13/5), o empresário e pioneiro de Brasília Celso Albano. Aos 91 anos, o ex-presidente do Banco de Brasília (BRB) lutava contra um câncer no fígado desde janeiro.

Albano morreu em casa, na presença dos filhos e de um padre, que fez uma oração após a partida do pioneiro ser confirmada. “Foi um momento muito triste, mas também muito bonito”, conta Ana Cláudia, uma das filhas.

O empresário sempre foi muito ligado às artes e era responsável por galerias em Brasília e São Paulo (SP). Ele deixa quatro filhos, oito netos e sete bisnetos. “A família toda é muito agradecida, pelo pai maravilhoso que sempre tivemos. Foi muito correto e trabalhador”, disse Ana Cláudia.

0

A Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF) emitiu nota lamentando a partida do pioneiro. Albano teve uma história muito forte com Brasília, onde chegou a presidir o BRB – Banco Regional de Brasília. Também fundou em São Paulo o Instituto Rubem Valentim”.

Ainda conforme a notra da ACDF, a família enviou o seguinte comunicado: “É com muito pesar que informamos que Celso Albano Costa faleceu no dia 13 de maio de 2021. Somos eternamente gratos a tudo o que esse homem, avô, pai, biso, chefe, empresário, amigo foi e continuará sendo em nossos corações”.


A Referência Galeria de Arte também usou as redes sociais para lamentar o falecimento:

Nascido em Salvador (BA), Celso Albano se formou em economia e fez pós-graduação em administração de empresas.

Os familiares ainda vão definir sobre o velório e sepultamento.

Últimas notícias