*
 

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga um anúncio realizado em um site de venda que oferece um menino “faz tudo” por R$ 100. A publicação trouxe revolta na internet. Na descrição feita pela mãe do garoto, o garoto “anda de cavalo, enxerga bem, cheira bem, trabalhador, dedicado e estudioso, notas boas, por um preço bom, barato”.

A Polícia Civil informou ao Metrópoles que os responsáveis pela publicidade poderão responder pelo crime de constrangimento, com pena de 6 meses a 2 anos de prisão. Além disso, pelo fato de ter prometido a entrega da criança a terceiros mediante pagamento, a pena pode ser agravada de 1 a 4 anos de prisão. O caso está sendo investigado pela Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

A denúncia foi feita por um internauta, que disse ao site G1 estar revoltado por conta do anúncio. Ao site, a empresa OLX diz que não concorda e pediu para que abusos sejam imediatamente apontados para a tomada de providências.

 

 

COMENTE

comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito