Justiça do DF condena a 21 anos homem que matou rival a facadas

Cristiano Silva Santana ainda teve a pena agravada por ter tentado tirar a vida de outro rapaz. Crime ocorreu em Taguatinga

iStockiStock

atualizado 02/08/2019 1:16

O Tribunal do Júri de Taguatinga condenou Cristiano Silva Santana a 21 anos de prisão por ter matado, a facadas, Marcelo Nery da Silva em frente a um bar, em Taguatinga Norte. O réu também tentou matar Maxwel Alves dos Santos, motivado por vingança.

Para o Ministério Público do DF, teria agredido a irmã do acusado. Já o homicídio teria sido praticado de forma dificultar a defesa da vítima, a qual, desarmada, enquanto conversavam, foi atacada pelo réu.

O réu possui antecedentes criminais e não poderá recorrer da condenação em liberdade. (Com informações do TJDFT)

Últimas notícias