Justiça condena homem que matou desafeto enforcado na Asa Sul

O condenado acreditava que a vítima havia roubado suas drogas e cometeu o crime

A Justiça do Distrito Federal condenou David Oliveira Xavier a 14 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, pelo assassinato de Anderson da Conceição Ferreira. O crime ocorreu em janeiro de 2015, na Asa Sul. No entanto, só foi levado a júri popular no último mês.

A decisão é do Tribunal do Júri de Brasília. Segundo o Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT), David teria assassinado a vítima por asfixia.

O crime foi motivado por uma desconfiança  do autor que a vítima havia roubado dele uma porção drogas.

Pelo crime, David foi condenado por homicídio qualificado. Ele não poderá recorrer da sentença em liberdade. (Com informações do TJDFT).