DF: Justiça condena homem que esfaqueou outro por causa de cigarro

Ocorrência foi registrada em um bar de Sobradinho no dia 21 de janeiro de 2019, após dona do estabelecimento dizer que não havia cigarros

iStock/Imagem ilustrativaiStock/Imagem ilustrativa

atualizado 29/08/2019 8:54

O Tribunal do Júri de Sobradinho condenou Alan Viana Pereira a 12 anos e 6 meses de reclusão por tentativa de homicídio qualificado e motivo fútil.

De acordo com o processo, na madrugada do dia 27 de janeiro deste ano, no interior do bar da Priscila, situado na Rodovia 440, na região administrativa de Sobradinho, Alan, na companhia de um amigo, chegou ao local e pediu um cigarro. Como não havia, a proprietária pediu para que ele fosse embora, pois o estabelecimento já estava fechando.

Irritado, o acusado e o amigo começaram a insultar a mulher. Douglas Samuel Moreira de Lima, que assistia a tudo, intercedeu e pediu que os homens se retirassem. Indignado, Alan sacou uma faca, desferiu golpe no pescoço da vítima e fugiu do local. O réu irá cumprir a pena inicialmente em regime fechado.

(Com informações do TJDFT)

Últimas notícias