Homem tem alta após 44h com faca cravada no corpo: “Vida nova”

Paciente ficou com o artefato preso nas costas aguardando cirurgia na rede pública de saúde do DF

atualizado 24/02/2020 19:36

O homem que esperou por uma cirurgia na rede pública por 44 horas com uma faca cravada nas costas recebeu alta no último sábado (22/02/2019).

“Eu me lembro de cada segundo. De sentir a faca presa, a dor, a agonia, de ficar deitado de costas sem poder me mexer. Tudo que eu quero, agora, é esquecer. Ganhei uma vida nova e quero cuidar dela. Bola pra frente”, contou a vítima, que trabalha como pintor e tem dois filhos.

Ele precisou esperar todo esse tempo pois o Hospital Regional de Taguatinga (HRT), para onde foi levado ao ser socorrido, não contava com um neurocirurgião.

A vítima foi ferida em uma briga de bar e pediu para não ser identificada.

O paciente passou 44 horas com a faca cravada nas costas até ser transferido para o Hospital Regional do Paranoá (HRPa), onde passou por cirurgia na noite do último dia 17 de fevereiro.

0

Últimas notícias