Os editais de licitação para recuperação e revitalização dos viadutos das tesourinhas da Asa Sul, Asa Norte e sobre a Via N2 foram publicados no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) dessa terça-feira (12/2). O recebimento das propostas está previsto para 7 e 8 de março.

O custo estimado para as intervenções é de R$ 14,3 milhões: R$ 7,9 milhões reservados aos elevados no Eixão e Eixinhos L e W, mais R$ 6,4 milhões destinados às obras das duas construções erguidas sobre a Via N2.

Reprodução/DODF

Os editais foram publicados no Diário Oficial do DF dessa terça-feira (12/2)

 

O certame cujo objeto são as tesourinhas está dividido entre lotes Sul e Norte. Segundo a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), os trabalhos começarão nos viadutos apontados como críticos pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), que desde 2012 alerta para a situação decadente dos elevados da capital da República.

Conforme revelou o Metrópoles, inspenção no fim de 2018 mostrou que precisavam de reparos urgentes: as tesourinhas do Eixo L na 203/204 Sul, 215/216 Sul (foto em destaque) e 215/216 Norte; e as do Eixo W na 115/116 Norte. As obras, previstas para durar 12 meses após assinatura da ordem de serviço, contemplarão a recuperação estrutural dos monumentos, o guarda-rodas e o pavimento, de acordo com a Novacap.

Os elevados do Eixão, de responsabilidade do Departamento de Estrada de Rodagem (DER-DF), também vão passar por recuperação e revitalização estrutural.

O TCDF apontou, também, que no Eixo W há necessidade de restaurações em viaduto sobre a Via N2, alvo do procedimento licitatório. A obra, que terá prazo de oito meses para ficar pronta após a contratação, contemplará recuperação, reforma e revitalização das construções. (Com informações da Agência Brasília)