GDF libera R$ 16,3 milhões “para equilíbrio financeiro” das empresas de ônibus

Em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal, a Secretaria de Mobilidade também destinou R$ 3,7 milhões para o Passe Livre

atualizado 29/10/2020 22:31

ônibusRafaela Felicciano/Metrópoles

O Governo do Distrito Federal (GDF) destinou R$ 20 milhões para as empresas que compõem o Sistema de Transporte Público Coletivo do DF.

Em edição extra do Diário Oficial do DF, publicada na noite desta quinta-feira (29/10), o Executivo abriu crédito suplementar à Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob).

No documento, R$ 16,3 milhões são destinados à manutenção do equilíbrio financeiro do STPC, como as empresas de ônibus da capital.

Além disso, R$ 3,7 milhões são para a concessão de passe livre, além de complementação para o transporte de pessoas com necessidades especiais.

Em 15 de outubro, o GDF reajustou a tarifa técnica paga às empresas do sistema de ônibus. Segundo a pasta de Mobilidade, as recomposições geraram o aumento de R$ 200 milhões por ano dos gastos públicos.

A Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social (Prodep), do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), pediu à Semob explicações.

Os promotores recomendaram que os dados sobre a tarifa sejam disponibilizados em “linguagem cidadã” e em “formato de dados abertos”. A Prodep analisa quais são as justificativas para a recomposição.

Últimas notícias