GDF compra 1 milhão de máscaras por R$ 2,14 a unidade. Saiba onde pegar uma

São três fornecedores diferentes, com entrega imediata. As máscaras meia-malha, 100% algodão, são distribuídas em todas as regiões do DF

atualizado 05/06/2020 15:28

Um mês depois do início da distribuição das máscaras de proteção para enfrentar a pandemia do novo coronavírus, a reposição do item que tem uso obrigatório por decreto no Distrito Federal está garantida. A Secretaria de Justiça e Cidadania  (Sejus-DF) publicou no Diário Oficial (DODF) de quarta-feira (03/06) três notas de empenho, num valor total de R$ 2,14 milhões.

Apesar de não especificar a quantia de máscaras, os contratos referentes às três compras foram fechados com o mesmo preço unitário: R$ 2,14 a unidade do produto em meia malha, 100 % algodão, com camada dupla na cor branca. O prazo de entrega autorizado mostra a urgência da reposição: um dia só.

A Sejus confirmou o número total de um milhão de máscaras reutilizáveis de tecido, que serão entregues à população do DF para reforçar o combate à Covid-19. Cada nota de empenho no valor de R$ 428 mil refere-se a 200 mil unidades, e a nota de R$ 1,284 milhão é para a compra de 600 mil máscaras.

Locais

Os itens serão destinados à Secretaria de Governo (Segov), órgão responsável por coordenar a campanha do GDF de entrega de máscaras para a população e que, portanto, é responsável pelo plano de distribuição.

Os equipamentos estão disponíveis de segunda a sexta feira, das 8h às 18h, nos seguintes locais:

  • Sedes das administrações regionais
  • Batalhões do Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF)
  • Centros de Referência e Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializados (Creas)

A Segov também esclarece que a distribuição também acontece de forma itinerante em todas as regiões administrativas, em locais estratégicos e de maior circulação de pessoas. Já chega ao número de 800 mil as máscaras entregues pelo GDF desde o dia 30 de abril.

Fibra e Fábrica Social

Além das compras no mercado privado, a Sejus informa que mantém parceria com o Sistema Fibra e também recebe fornecimento da Fábrica Social.

Desde o dia 7 de abril, a Fábrica produziu mais de 150 mil máscaras, cirúrgicas e de pano, doadas para a Secretaria de Saúde e outros órgãos públicos que prestam serviços essenciais, conforme disponibilidade para as demandas. Das 480 alunas da Fábrica, 150 estão trabalhando desde o mês de abril nas confecções. Todas fora do grupo de risco para a covid-19.

0

Últimas notícias