Fantasia de Ku Klux Klan em festa de academia no DF gera revolta

Roupa usada pelo movimento supremacista branco dos EUA foi utilizada por uma pessoa durante festa de Halloween na última sexta (17/10/2019)

A foto de uma pessoa fantasiada como membro do movimento supremacista branco norte-americano Ku Klux Klan, na última sexta-feira (17/10/2019), fez com que diversos internautas se manifestassem nas redes sociais. A imagem foi feita durante uma festa de Halloween organizada pela academia de crossfit Selva, que se desculpou pelo ocorrido.

Como é possível ver pela imagem, uma pessoa aparece no meio da festa, de costas, com o capuz e a roupa utilizada pelo grupo que, entre outras bandeiras, defende a segregação racial e religiosa. A tradicional cruz vermelha com uma gota de sangue no meio também se faz presente na vestimenta.

Vários internautas, ao verem a imagem se revoltaram. “Por baixo da fantasia existe sim um racista. A partir do momento que você escolhe uma fantasia, é porque se identifica com ela. Não tem outro motivo”, reclamou uma mulher em rede social.

“Se não foi barrado, foi aceito. Jamais me permitiria estar num espaço que legitima ações assim”, disse outro perfil, em tom de revolta.

Veja a imagem que gerou revolta nas redes sociais:

Após a dimensão que o caso tomou, o Crossfit Selva publicou, nesta segunda-feira (21/10/2019), uma nota lamentando o ocorrido, mas não disse se vai procurar identificar a pessoa por trás da fantasia.

Confira o post da academia: