“Falta de tempo”, diz homem que não tratou cão atropelado no DF

O animal ficou com fratura exposta e também apresentava sinais de desnutrição. Dono foi autuado por maus-tratos

PMDF

atualizado 26/02/2020 21:14

Um cãozinho com a pata quebrada e sinais de desnutrição foi resgatado pela Polícia Militar nesta quarta-feira (26/02/2020), na Expansão do Setor O, em Ceilândia. O animal havia sido atropelado há cerca de 30 dias por uma moto, mas o dono afirmou que não o levou ao veterinário “por falta de tempo”.

A denúncia foi atendida por militares do Batalhão Ambiental. Ao chegar ao local, verificou-se que o animal estava bastante machucado, com a pata dianteira direita quebrada e com fratura exposta, além de diversos machucados pelo corpo.

Além dos machucados, o cachorro estava com sinais de maus-tratos e desnutrição. Ele foi encaminhado a uma clínica veterinária para receber os devidos cuidados e tratamento das lesões.

O dono do animal foi autuado por maus-tratos, assinou um termo circunstanciado e foi liberado.

 

Últimas notícias