Ex-secretário de Saúde, Osnei Okumoto vira chefe do Hemocentro

O farmacêutico bioquímico pediu exoneração em meio à crise do coronavírus do DF. No lugar dele, assumiu Francisco Filho, presidente do Iges

JP Rodrigues/Especial Para Metrópoles

atualizado 17/03/2020 22:22

Um dia após ser exonerado do cargo de secretário de Saúde do Distrito Federal, Osnei Okumoto foi nomeado diretor-presidente da Fundação Hemocentro. A publicação ao novo posto foi publicada em edição extra do Diário Oficial do DF (DODF), na noite desta terça-feira (17/03).

Osnei chegou a ser nomeado diretor da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), mas o ato foi tornado sem efeito.

Veja:

 

Osnei pediu exoneração do cargo em meio à pandemia de coronavírus. No lugar dele, assumiu, interinamente, Francisco Araújo Filho, atualmente diretor-presidente do Instituto de Gestão Estratégica da Saúde (Iges-DF). Ele vai acumular as duas funções.

Ao Metrópoles, o governador Ibaneis Rocha (MDB) disse que a saída de Osnei é estratégica. Ele destacou que o agora ex-secretário será nomeado assessor em seu gabinete para ajudá-lo com decisões técnicas. “Estou tendo de promover medidas muito importantes na área da Saúde. O tempo todo fico chamando pelo Osnei, então, resolvi trazê-lo mais para perto”. A nomeação de Osnei, no entanto, não foi publicada.

Últimas notícias