“Estamos desolados”, diz filho de idoso que aguarda por tomografia após AVC

Hamilton dos Santos, de 71 anos, sofreu acidente cerebral na segunda-feira (7/9) e ainda não fez exame para identificar gravidade do derrame

atualizado 09/09/2020 20:55

hamilton dos santos avcArquivo pessoal

“A boca dele está torta. Paralisou o lado esquerdo todo”. A frase, tom de preocupação, foi dita ao Metrópoles pelo filho de Hamilton dos Santos, de 71 anos. O idoso sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) na manhã da última segunda-feira (7/9) e foi encaminhado para o Hospital Regional de Planaltina (HRP) para atendimento.

Infelizmente, a apreensão dos familiares não diminuiu com o patriarca sob cuidados médicos. Hamilton Filho, 41 anos e primogênito da vítima, revela que já na chegada ao hospital, o atendimento foi demorado. “Ficamos por duas horas a ver navios”, reclama, apesar de reconhecer o esforço da equipe local, que deu “o melhor de si dentro das possibilidades”.

Ainda assim, os filhos do idoso apontam negligência e descaso com a delicada situação do paciente. “Até agora não souberam nos informar se o AVC foi isquêmico ou hemorrágico”, revolta-se Hamilton Filho, afirmando que o pai ainda não realizou a tomografia para determinar a gravidade do derrame. “Ao falarmos com a enfermeira, ela me mostrou outros 12 prontuários de pacientes em situação semelhante à do meu pai”, revela.

0
Período de sofrimento

Ver o pai nessa situação é motivo de sofrimento para a família, uma vez que, há 19 dias, os filhos eram adeus à mãe, Maria da Abadia Pereira de Araújo Cândido. Ela é uma das vítimas da Covid-19 no DF. “Esse vírus maldito tirou a vida dela”, lamenta Hamilton, que acompanhou os 17 dias em que a genitora ficou internada, sedada e intubada no Hospital Universitário de Brasília (HUB), vindo a óbito no dia 21/8.

Agora, temendo pela vida do pai, Filho busca alternativas para que o seu Hamilton seja devidamente avaliado e socorrido. “Até nos propusemos a leva-lo para um hospital particular para realizar a tomografia, mas o hospital não cede ambulância para o transporte”, queixa-se.

Acionada pela reportagem, a Secretaria de Saúde informou ao Metrópoles que a tomografia de seu Hamilton está prevista a tarde desta quarta-feira (9/9). O órgão conta que, assim como o seu Hamilton, outros 1.397 pacientes aguardam pela realização de tomografia na rede pública de saúde.

Últimas notícias