Mãe e filho são atacados por gato da família no Alphaville Brasília

Animal não era vacinado e teria arranhado e mordido o garoto. Na tentativa de ajudar o filho, dona também foi ferida

Felipe Menezes/MetrópolesFelipe Menezes/Metrópoles

atualizado 17/04/2019 18:45

Mãe e filho viveram momentos de terror após serem atacados pelo gato da família dentro da casa onde moram, no Residencial Alphaville Brasília, um condomínio de luxo localizado na Cidade Ocidental (GO), Entorno do Distrito Federal.

O ataque ocorreu na noite de terça-feira (16/04/19). De acordo com a mulher, o filho limpava a urina do animal quando o “gato ficou nervoso, surtou e partiu para cima dele”. “Mordeu e arranhou meu filho. Quando fui lavar o sangue dele que estava no chão, me atacou na perna”, contou ao Metrópoles.

Ainda segundo a vítima, o animal aparentava estar muito nervoso e não a deixava sair do cômodo onde estavam. “Fiquei 20 minutos sangrando na cozinha. Quando consegui sair e trancar ele na cozinha, acionei Polícia Militar, Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] e bombeiros, mas ninguém me atendeu”, reclamou.

A mordida rendeu 22 pontos na perna da mulher, que esteve nesta quarta-feira (17/04/19) no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) para tomar vacina antirrábica.

De acordo com ela, uma amiga da família teria levado o animal nesta quarta para observação no Centro de Controle de Zoonoses do Distrito Federal. No entanto, não conseguiu atendimento. O bichano, segundo a dona, não é vacinado.

A reportagem procurou o Corpo de Bombeiros do DF e a Secretaria de Saúde, responsável pela Zoonose para comentar o ocorrido, mas não havia obtido retorno da corporação e da pasta até a última atualização desta reportagem.

Imagem cedida ao Metrópoles
Ferimento causado pela mordida do gato na perna da vítima

Últimas notícias