UnB não fará vestibular em 2020. Acesso será apenas pelo Enem

Aulas serão retomadas em 1º de fevereiro. Ainda não foi definido, no entanto, se ensino será presencial ou a distância

A Universidade de Brasília (UnB) não realizará vestibular para entrada de novos alunos. Em reunião organizada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe), nesta quinta-feira (8/10), ficou decidido que o ingresso de alunos na instituição para frequentar o próximo semestre se dará exclusivamente pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A prova do vestibular já havia sido suspensa em abril e, até esta quinta, era avaliada a possiblidade de uma nova data ser marcada ainda neste ano. Devido à continuidade da crise sanitária causada pelo novo coronavírus, no entanto, a universidade decidiu, excepcionalmente, não organizar o processo seletivo.

Dessa forma, as 2.100 vagas para ingresso acontecerão por meio do Acesso Enem UnB, que substitui o Sistema de Seleção Unificado (Sisu) desde 2019. A UnB vai elaborar um edital para o acesso excepcional pelo Exame Nacional do Ensino Médio, em substituição ao vestibular. As regras de avaliação ainda estão em análise.

2º semestre de 2020 será retomado em fevereiro

Na reunião, ainda ficou acordada a volta às aulas do 2º semestre de 2020. Para respeitar as datas mínimas de recesso, o Cepe definiu que as aulas serão retomadas em 1º de fevereiro de 2021.

Apesar de escolhida a data, a UnB ainda não definiu se as aulas serão presenciais ou remotas no próximo semestre. O conselho irá avaliar o desenrolar da pandemia para determinar, em outra reunião, como funcionará a continuidade do semestre atual, que segue até 18 de dezembro.

1/3
O Enem 2020 tem mais de 5,78 milhões de inscritos
O acesso será substituído pelo sistema de notas do Enem
Criado em 2006, o prêmio homenageia a competência e a capacidade inovadora e reconhece a atuação dos pesquisadores na ciência e tecnologia nacionais