Sisu abre 1.187 vagas para entrada no IFB e na Escs

Neste ano, a Universidade de Brasília (UnB) optou por não aderir ao ingresso de estudantes via sistema unificado

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 21/01/2020 20:29

O Instituto Federal de Brasília (IFB) e a Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) oferecem 1.187 vagas para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2020. As inscrições começam nesta terça-feira (21/01/2020) e vão até sexta (24/01/2020).

O Sisu usa o desempenho do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a classificação de estudantes. No Distrito Federal, até o ano passado, a Universidade de Brasília (UnB) também utilizava o sistema, mas o deixou.

Já o Enem continua sendo uma das formas de ingressar na instituição. A diferença é que a nota obtida na prova é aplicada no processo seletivo próprio da UnB – a unidade de ensino superior ainda conta com o vestibular tradicional e o Programa de Avaliação Seriada (PAS) –, e não na plataforma do Ministério da Educação (MEC).

O IFB detém a maioria das vagas ofertadas: são 1.027 no total. Entre as graduações, o candidato pode escolher automação industrial, agroecologia, gastronomia, eventos, gestão pública, sistemas para internet, logística, design de produtos, ciência da computação, design de moda e secretariado. Também há oportunidade de licenciaturas em física, biologia, letras, geografia, matemática e química.

Estudantes interessados em seguir carreira nas áreas de enfermagem ou medicina podem se candidatar a uma das 160 vagas disponíveis na Escs, sendo 80 para cada curso.

Últimas notícias