DF recebe 205,9 mil doses da Pfizer e começará 3ª aplicação em idosos

Imunizantes chegaram à capital nesse domingo (19/9) e serão utilizados para segundas doses e para dar início à aplicação da dose de reforço

O Distrito Federal recebeu, nesse domingo (19/9), 205.920 doses da vacina contra a Covid-19 da Pfizer. Os imunizantes serão utilizados para segundas doses e para dar início à aplicação da terceira dose em idosos.

Idosos residentes em Instituições de Longa Permanência do Distrito Federal começarão a receber a dose de reforço na terça-feira (21/9). A informação foi divulgada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) no sábado (18/9).

Pelas redes sociais, ao anunciar a vacinação dos adolescentes de 13 anos sem comorbidades, o emedebista também informou o plano de imunização dos idosos. “Também a partir de terça terá início a vacinação com dose de reforço para os idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência”, destacou o governador.

A vacinação vem diminuindo o número de mortes durante a pandemia. Mas, no Brasil, as pessoas de 70 a 79 anos estão voltando a ser principais vítimas da Covid. Por isso, diversas autoridades sanitárias defendem a aplicação da 3ª dose para reforçar a proteção imunológica deste grupo.

Quem pode se vacinar hoje no DF

A vacinação contra a Covid-19 no Distrito Federal segue nesta segunda-feira (20/9) para pessoas que têm 14 anos ou mais.

Adolescentes de 14 a 17 anos, além de gestantes e puérperas a partir dessas idades que ainda não tomaram a primeira dose podem procurar 40 pontos de vacinação. Confira abaixo:

Quem tem mais de 18 anos e ainda não se vacinou com a primeira dose por qualquer motivo, também tem pontos espalhados pelo DF para início do clico de imunização. Veja:

A segunda dose continua sendo aplicada. Quem ainda não adiantou o fim do ciclo vacinal tem dezenas de postos separados por marca de imunizante:

Vacinação do público de 13 anos

Começa nesta terça-feira (21/9) a vacinação contra a Covid-19 de jovens de 13 anos no Distrito Federal. Com a decisão de imunizar os adolescentes, a capital da República poderá levar a vacina para os braços de 42.539 jovens. O levantamento foi feito pela Secretaria de Saúde do DF.

A despeito da recomendação contrária do Ministério da Saúde, o governador Ibaneis Rocha (MDB) decidiu vacinar os adolescentes, a partir de terça. Na mesma data, o DF também vai aplicar a dose de reforço da vacina em idosos residentes em Instituições de Longa Permanência (ILPIs). São 1.090. Trata-se do primeiro grupo imunizado no DF.

A decisão do governador e da Secretaria de Saúde pelo avanço da vacinação teve como referências análises de uma série de instituições sanitárias brasileiras. A própria Anvisa, por exemplo, autorizou o uso da vacina contra a Covid-19 do laboratório Pfizer/BioNTech para aplicação em adolescentes de 12 a 17 anos.

O governo pretende divulgar os pontos de imunização dos jovens com 13 anos ainda nesta segunda.