DF: fim do recadastramento da Educação é adiado para 20 de maio

A atualização é obrigatória e está sendo feita pelos servidores do setor desde fevereiro deste ano

atualizado 29/04/2020 12:32

O recadastramento dos servidores da Secretaria de Educação do Distrito Federal terminaria nesta quinta-feira (30/04). Porém, o governo decidiu prorrogar o prazo até o dia 20 de maio. A iniciativa é obrigatória a funcionários ativos, cedidos, afastados ou licenciados da pasta e da Fundação Universidade Aberta (Funab), além de comissionados e professores temporários.

No total, 35.261 servidores da secretaria devem atualizar o cadastro. O serviço começou em agosto do ano passado com diversos grupos do GDF. Em fevereiro, teve início o pessoal da Educação. O objetivo é manter os dados pessoais atualizados e ajudar na implementação de um novo sistema de gestão de pessoas e produção da folha de pagamento, o Sigepe-DF.

Quem não participar do recadastramento pode sofrer processo administrativo disciplinar. O processo é feito por meio do Sistema de Recadastramento, Complementação e Atualização de Dados (Recad). Para entrar no sistema, a senha é a mesma do SIGRHNet.

A atualização pode ser feita clicando aqui. A prorrogação foi definida pela Portaria nº 144, publicada no Diário Oficial do DF desta quarta-feira (29/04). Da mesma forma, o prazo para homologação pelos setoriais agora vai até o dia 30 de junho.

Últimas notícias