Denúncia de homem armado perto de escolas na Asa Norte mobiliza PM

Além de viaturas, helicóptero da corporação sobrevoou a região na tarde desta sexta (29) atrás de suspeito. Ninguém foi preso

Felipe Menezes/MetropolesFelipe Menezes/Metropoles

atualizado 29/03/2019 14:19

Uma denúncia sobre uma pessoa armada e em atitude suspeita na 702 Norte, próximo a três escolas e uma paróquia, movimentou duas viaturas da Polícia Militar do DF (PMDF) na manhã desta sexta-feira (29).

Por volta das 13h, a PMDF confirmou que um helicóptero da corporação sobrevoava a Asa Norte por conta da suspeita. “Se houver comunicação via rádio sobre esta situação, a aeronave pode fazer buscas”, assegurou a assessoria da Polícia Militar. Até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso e nenhuma ocorrência foi registrada na 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte).

Um homem armado com revólver e mochila teria sido visto em frente ao colégio Sagrado Coração de Maria. A escola acionou o 190, da PMDF, por precaução. A instituição ressaltou, contudo, que não houve alarde porque, desde o atentado em Suzano (SP), “são feitas várias denúncias em todo o lugar, algumas criadas.”

Em um raio de 500 metros, funciona o Colégio Militar de Brasília (CMB), o Marista João Paulo II e a Paróquia Nossa Senhora da Saúde.

Medo após massacre em Suzano
Desde o massacre na escola Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, em 13 de março, a Polícia Civil do DF (PCDF) registrou pelo menos quatro ocorrências de ameaças a centros de ensino particulares e públicos nas regiões do Recanto das Emas, Paranoá, Águas Claras e Asa Norte. Mensagens propagando ódio e violência foram investigadas.

No último dia 20, o secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres, afirmou que a inteligência do Governo do Distrito Federal (GDF) identificou 11 responsáveis por fazer ameaças na internet a escolas públicas do DF. “Essas pessoas estão sendo monitoradas e serão responsabilizadas”, prometeu, na época.

O secretário de Educação, Rafael Parente, disse que o monitoramento das redes sociais foi reforçado desde então e anunciou uma série de medidas preventivas.

.

Últimas notícias