Covid: com UTIs lotadas, Ibaneis cobra mudança no plano de mobilização

Governador diz que questiona o secretário de Saúde, Manoel Pafiadache, diariamente sobre mudanças no plano de mobilização de leitos de UTI

atualizado 17/02/2022 10:37

Ibaneis Rocha Arthur Menescal/Especial Metrópoles

Diante dos sucessivos dias com UTIs para tratamento de Covid-19 100% ocupados, e fila de pacientes à espera de um leito, o governador Ibaneis Rocha (MDB) afirmou que cobra a Secretaria de Saúde do DF por mudanças do plano de mobilização da rede pública contra a pandemia. O chefe do Executivo local deu a declaração durante visita às Centrais de Abastecimento do DF (Ceasa-DF), na manhã desta quinta-feira (17/2).

“Nós temos dificuldades tanto nos hospitais privados, quanto na rede pública, de abertura de novos leitos. Estamos tentando”, disse Ibaneis.

Questionado pelo Metrópoles sobre a necessidade de revisão do plano de mobilização, Ibaneis afirmou: “Eu venho pedido isso todos os dias ao secretário [Manoel Pafiadache] e ele está fazendo aquilo que está ao alcance dele. Trabalhando junto com as empresas privadas e tentando também com as licitações. Abriu a licitação emergencial, abriu a normal para ver se a gente consegue abrir o Hospital da PM”, assinalou.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Nessa quarta-feira (16/2), o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) suspendeu a licitação do Hospital de Campanha da PM, a partir de denúncia de possíveis irregularidades e sobrepreço. Ibaneis espera sanar a questão o mais rápido possível para a abertura de leitos.

“A gente espera em prazo menor possível, abrir mais leitos para que a gente posso voltar à normalidade na nossa cidade, reabrindo a questão os eventos e tornando a vida das nossas pessoas mais fácil. Enquanto isso, nós vamos sofrendo e trabalhando muito para ver se as coisas dão certo”, comentou.

Visita à Ceasa

Ibaneis caminhou pela Ceasa e conversou com feirantes. Além de melhorias de infraestrutura, os trabalhadores pedem incentivos fiscais e até mesmo a isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Segundo o governador, todos os pedidos estão em análise. Por outro lado, o governo já garantiu a troca da iluminação do espaço. A CEB Iluminação irá instalar luzes de LED, investindo R$ 138 mil na obra. A obra vai contemplar 280 mil metros quadrados e deve começar em breve. Serão 211 lâmpadas de alta potência.

Além disso, o Palácio do Buriti reforçou o policiamento na região, especialmente para coibir a venda de drogas.

Mais lidas
Últimas notícias