Coronavírus: 60% dos pacientes infectados no DF são homens

Balanço mostra que maior incidência da doença ocorre entre pacientes masculinos entre 20 e 49 anos

Quase 60% dos brasilienses infectados pelo novo coronavírus são homens. A informação consta em boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) neste sábado (28/03). Dos 260 pacientes com a doença na capital, 154 são do sexo masculino.

A maior proporção e incidência de registros ocorre na faixa de 20 a 49 anos, ou seja, a maior parte dos pacientes masculinos infectados está fora do chamado grupo de risco – formado por idosos, pessoas com comorbidades, diabéticos e hipertensos.

A idade média do paciente masculino brasiliense é de 42 anos. As mulheres representam 40% do público atingido pela doença na capital, com 106 registros.

Dos 260 diagnosticados, 193 estão com infecção leve, enquanto 11 apresentam infecções graves e 13 críticas. Ainda de acordo com o boletim, 120 pessoas conseguiram se recuperar da doença. São 43 registros em investigação.

O Lago Sul é a região do DF com maior média de contaminação pela doença, com 146,3 casos a cada 100 mil habitantes.