Campus Party Brasília confirma primeiros nomes de palestrantes

Matthew Reyes, Horst Hörtner, Ricardo Cappra e Richard Stallman serão alguns dos destaques no palco principal do evento

atualizado 08/05/2017 11:04

Campus Party Brasília

Aos poucos a organização da Campus Party começa a divulgar quais serão os nomes dos palestrantes que atrairão os holofotes da edição de Brasília. Entre as atrações confirmadas até o momento estão a do consultor da Agência Espacial Norte Americana (Nasa) Matthew F. Reyes, a do cientista de dados Ricardo Cappra, a do artista multimídia Horst Hörtner e do criador do movimento software livre Richard Stallman. O evento ocorrerá entre 14 e 18 de junho no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Matthew F. Reyes atuou como consultor estratégico para o escritório do chefe de tecnologia da Nasa, empoderando a agência para explorar a comunidade global Do-It-Yourself (DIY). Entre outros feitos, ele ajudou a enviar uma GoPro para o espaço e registrar um vídeo incrível em 360°. Também auxiliou a desenvolver um hardware que documentou para o público algumas pesquisas científicas realizadas pela Nasa nos mais extremos ambientes da Terra. Ele sobe ao palco principal para falar sobre “A exploração DIY na Terra, no Espaço e Além”

O cientista de dados Ricardo Cappra é famoso por utilizar o Big Data para resolver problemas complexos por meio de inteligência analítica. Seus estudos já viraram produtos e negócios utilizados pela equipe do ex-presidente norte-americano Barack Obama e por companhias como Microsoft, Globo, Petrobras, Coca-Cola, Americanas, entre outras. Na Campus, sua palestra terá como tema: “A era dos algoritmos: como filtros invisíveis da Internet estão transformando a sociedade, governos e países”.

Já o pesquisador Horst Hörtner é expert em design de interação humano-computador. Ele é o idealizador do Drone100, um show de drones ao ar livre que utiliza uma centena de quadricópteros para realizar voos em sincronia com os acordes de uma orquestra sinfônica. Também é membro fundador do Ars Electrônica Futurelab, criado em 1996, e desde então dirige o ateliê/laboratório.

Intel/Divulgação
Drones fazem coreografias e iluminam o céu de acordo com as músicas tocadas pela orquestra

 

Por fim, Richard Stallman participou, em 1983, da onda que originou o movimento software livre. O programador e hacker foi um dos desenvolvedores do sistema operacional GNU, plataforma no Linux e que permite a qualquer pessoa copiá-lo e redistribuí-lo, com ou sem mudanças. Stallman faz parte do seleto grupo de nomes que compõem o Hall da Fama da internet.

Richard Stallman foi um dos programadores do sistema operacional GNU


Além do trio, outras atrações também irão movimentar o Centro de Exposições como os youtubers Rodrigo Fernandes (Jacaré Banguela) e Totoro (Porta dos Fundos), o coaching Rafael Arty, os pesquisadores Pedro Vilanova e Otávio Xavier, entre outros (veja a
programação). No total, estão previstas mais de 250 horas de conteúdos.

Quem for ao evento vai encontrar uma arena com quatro palcos: “Principal”, “Criatividade e Entretenimento”, “Inovação” e “Ciências”. Neles, os palestrantes irão debater temas como Países Inteligentes, Inovação, Ciências e Empreendedorismo. “As transformações das cidades em cidades inteligentes, a revolução que a Internet das Coisas está provocando no nosso dia a dia e a importância do big data na relação da administração pública com os cidadãos são exemplos de temáticas que estarão presentes na Campus Brasília”, conta o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farrugia.

Porém, nem só de palestras é feita uma Campus Party. O festival em Brasília também vai ter workshops, hackathons, jogos freeplay, além do já tradicional acesso à internet (absurdamente) de alta velocidade, de 20Gbps. O local também terá simuladores, oficinas para makers e uma competição de drones.

Campus Party/Flickr
Visitantes terão acesso à internet ultrarrápida de 20Gpbs

 

Para quem quer acompanhar toda a programação, sem perder nada, a melhor pedida é acampar no Centro de Convenções durante todo o evento. Para esta edição são esperados 4 mil campuseiros. A área aberta, onde o público pode circular gratuitamente, contará com o “Campus Future”, espaço para universitários exibirem seus projetos voltados à tecnologia e inovação, e o “Startups & Makers”, destinado a networking e capacitação de empreendedores. Na ocasião, serão selecionadas 50 startups que passarão por mentoria, coaching e capacitação com especialistas. Os interessados poderão inscrever-se gratuitamente até 10 de maio. Serão selecionadas 25 startups em estágio inicial e outras 25 que já estão em fase mais avançada (produto lançado, faturamento mensal, com ou sem investimento).

“No programa Startups & Makers os empreendedores terão a oportunidade de expor seu negócio, fazer networking, conhecer potenciais investidores, receber mentoria de profissionais experientes e gabaritados e, quem sabe, em pouco tempo transformar aquela ideia em um grande negócio”, explica Tonico Novaes, diretor-geral da Campus Party Brasil.

Os ingressos para a Campus Party podem ser adquiridos no site por R$ 180.

Campus Party Brasília
De 14 a 18 de junho de 2017
Tema: Países Inteligentes
Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães

Mais lidas
Últimas notícias