*
 

A fiscalização dos seis cemitérios do Distrito Federal terá reforço neste Dia de Finados (2/11). Desde sábado passado (28), a Unidade de Assuntos Funerários (UAF), ligada à Secretaria de Justiça, está recolhendo reclamações e tirando dúvidas da população. A ação ocorre uma semana após a Polícia Civil desarticular o esquema da Máfia das Funerárias.

Segundo o chefe da UAF, Manoel Antunes, as pessoas poderão ainda recorrer às unidades para pedir a mediação de conflitos, como problemas com as covas e reclamações sobre o contrato de sepultamento dos entes falecidos.

Antunes explica que esses tipos de conflitos já resultaram em multas à empresa Campo da Esperança, detentora da concessão dos seis cemitérios do DF. “Já multamos a empresa em pelo menos R$ 3 milhões. Ela ainda recorre, mas estamos praticamente na última instância e em todas as ações ela foi condenada por problemas na execução de suas obrigações”, afirma

O chefe da UAF diz ainda que os postos vão funcionar por pelo menos mais 90 dias dentro dos cemitérios. Após esse período, o serviço estará disponível na Secretaria de Justiça todos os dias, incluindo fins de semana e feriados.

 

 

 

COMENTE

Cemitérios
comunicar erro à redação