*
 

A capital do país tem entre 150 e 160 eventos programados para os dias de Carnaval. Para garantir a segurança dos foliões, a Polícia Militar anunciou, nesta quinta-feira (8/2), que terá 5,5 mil homens e mulheres da corporação nas ruas. No ano passado, o efetivo total empregado foi de 4,4 mil PMs.

Para evitar confusão no sistema de transporte público, a Polícia Militar diz que fará um monitoramento do sistema de transporte público. “Infelizmente, não temos conseguido colocar um policial dentro de cada vagão, nem dentro de cada ônibus, mas teremos viaturas acompanhando”, disse o coronel Carlos André, da Companhia de Policiamento Rodoviário da corporação.

Transporte público
Quem for passar o Carnaval na capital do país deve ficar atento às mudanças no sistema de transporte público. Além de deixar 150 ônibus a postos para serem utilizados em caso de demanda, o GDF vai estender o horário de funcionamento do Metrô.

De sábado (10/2) a terça-feira (13), o sistema vai funcionar até a meia-noite. Na Quarta-feira de Cinzas, os trens circulam das 6h às 23h30. Os horários de início de operação também serão alterados: no sábado, na segunda e na terça, o serviço começa uma hora mais tarde, às 7h. No domingo (11), às 11h30.

Percurso alterado
Este ano, o percurso de alguns blocos será alterado. No domingo (11) e na terça (13), os Raparigueiros e a Baratona, que antes saíam no Eixão Sul, percorrerão o Eixo Monumental. Eles vão deixar a N1, na altura do McDonald’s próximo à Torre de TV, e retornar antes da Praça do Buriti, via S1, para chegar à área da Funarte.

Segundo o coronel Souza Oliveira, do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), as alterações já estavam previstas desde o ano passado, devido a reclamações de moradores. “O desabamento [do viaduto da Galeria dos Estados] foi apenas uma infeliz coincidência”, afirma.

O bloco Engenhoca permanecerá fixo no estacionamento do Mané Garrincha. O Eixo Rodoviário Sul estará liberado para circulação de veículos nos dias de folia, com restrição para os desvios perto do Buraco do Tatu, onde motoristas terão que usar rotas alternativas.

Mudanças no trânsito
Os moradores e foliões devem ficar atentos também a outras mudanças no trânsito durante o feriado prolongado. Na segunda (12) e na terça-feira (13), a DF-003 (descida do Colorado) não terá a faixa reversa. A faixa será revertida pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) apenas na quarta-feira (14), no período da tarde, das 17h30 às 19h45, no sentido Planaltina. Na quinta-feira (15), a ação ocorre normalmente pela manhã, das 6h às 9h, e à tarde.

O mesmo vale para a DF-095, ou a via Estrutural, que só volta a ter inversão na Quarta-feira de Cinzas. No domingo (11) e na terça (13), o Eixão do Lazer será fechado, das 7h às 19h, para o fluxo de veículos.

Identificação das crianças
Quem for com crianças para a folia deve identificá-las por meio de documentos, crachás ou pulseirinhas, que serão disponibilizadas nas bases móveis da Polícia Militar. Elas estarão nos principais blocos infantis do Distrito Federal. O serviço é gratuito. Basta preencher um formulário, com nome e telefone da criança. Além das pulseiras, os pais podem imprimir a carteirinha, a qual pode ser acessada diretamente no site da PMDF.

Segundo a Polícia Militar, a fiscalização de alcoolemia também será intensificada em todos os locais de festa e folias de Carnaval. A recomendação da corporação é não combinar álcool e direção, e utilizar táxis, aplicativos de transportes privados ou o “amigo da vez”. O trânsito será monitorado, este ano, por meio de drones, para evitar acidentes.

Dicas de segurança da PMDF

– Cuidado na hora de usar celular em público, pois o objeto é muito cobiçado;
– Não ostente itens de valor;
– Identifique crianças e oriente-as para que, caso se percam, procurem um policial para ajudá-las;
– Se beber, não dirija;
– E não estacione em locais escuros.

 

 

COMENTE

trânsitoCarnavalesquema de segurança
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito