Caesb inaugura parque industrial com 3.330m² no SIA

O complexo de manutenção industrial é chamado de Oficinas Caesb. Ideia é dar melhores condições de trabalho e abrir equipamentos de ponta

Caesb/DivulgaçãoCaesb/Divulgação

atualizado 10/10/2019 17:18

Com o objetivo de permitir a acomodação de equipamentos de alta tecnologia e de melhores condições de trabalho para as equipes próprias e terceirizadas, foram inauguradas nesta quinta-feira (10/10/2019) as Oficinas Caesb. O complexo de manutenção industrial da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal tem 3.330m² e está localizado na unidade do SIA.

Em dois pavimentos, o galpão abriga depósitos de matérias-primas, ferramentaria, setores de usinagem, caldeiraria, mecânica, fundição, desinfecção e expedição final, pintura, banheiros com vestiários, além de área administrativa da oficina, sala de reunião, copa e um elevador para portadores de necessidades especiais.

A obra foi concluída em 21 meses, exatamente no mesmo local onde funcionava a antiga oficina, que acabou demolida. Foram investidos R$ 8,7 milhões, com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O galpão demandou 85 toneladas de estrutura metálica, 80 toneladas de ferragens, mais de 600m³ de concreto usinado. Nas coberturas e fechamentos laterais, foram usadas telhas termoacústicas, proporcionando conforto térmico.

Caesb/Divulgação
Inauguração das Oficinas Caesb, no SIA
50 anos

O presidente da Caesb, Daniel Rossiter, destacou a capacidade de inovação da Companhia, que completou 50 anos. “É um orgulho entregar esta oficina, que será o maior e mais bem equipado parque industrial do Centro-Oeste. Isso reflete a preocupação da companhia em se reinventar a cada dia para prestar um serviço de ponta à população”, disse.

As Oficinas Caesb permitirão a acomodação de equipamentos (novos e existentes) de alta tecnologia e de melhores condições de trabalho para as equipes próprias e terceirizadas da Caesb, que somam cerca de 40 trabalhadores.

Equipamentos

Entre os equipamentos, haverá sete tornos horizontais manuais, dois tornos horizontais CNC, um torno vertical CNC, duas fresadoras universais, uma ferramenteira, uma serra-corte, três furadeiras, uma máquina de corte a plasma/oxicorte, uma guilhotina, uma dobradeira, quatro inversoras de solda, três pontes rolantes com capacidade de até 10 toneladas cada uma, dentre outros equipamentos de menor porte.

Durante a cerimônia de inauguração, que contou com a presença da diretoria da Caesb e dos empregados, o presidente Daniel Rossiter fez uma homenagem ao aposentado Edmilson de Matos, que trabalhou 32 anos na Caesb e foi um dos grandes idealizadores do parque industrial.

Extremamente dedicado à Companhia, principalmente à área industrial, Edmilson também se destacava por outro motivo. Nas horas vagas, ele e sua equipe fabricavam cadeiras de roda para pessoas carentes, um trabalho bonito que ficou na memória dos colegas de trabalho. (Com informações da assessoria de comunicação da Caesb)

Últimas notícias