Briga generalizada em bar acaba com jovem morto e cinco feridos no DF

Segundo testemunhas, confusão começou com discussão entre dois frequentadores. Vítima tinha 17 anos e foi morta por um policial militar

Um adolescente de 17 anos morreu e cinco pessoas ficaram feridas após uma briga generalizada na EQNN 4/6, na Guariroba, em Ceilândia Sul. O caso aconteceu por volta das 23h de domingo (28/11). A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada e, quando as equipes chegaram ao local, depararam-se com mais de 60 envolvidos na confusão. Todas essas pessoas estavam em um bar.

Segundo a corporação, havia ao menos quatro feridos no chão e outros dois em pé. Uma testemunha entregou aos policiais a faca que teria sido usada no crime. Diante da gravidade dos fatos, os PMs solicitaram prioridade no socorro do Corpo de Bombeiros.

1/4
Briga generalizada em Ceilândia
Cinco pessoas ficaram feridas
Um adolescente morreu no local

Segundo testemunhas, a briga começou com uma discussão banal entre dois frequentadores do estabelecimento. Um dos suspeitos, identificado como Edinaldo Junio, 17 anos, teria ido em casa pegar uma faca. Ele voltou ao local e atingiu o rival, filho de um policial militar. Durante a confusão, também esfaqueou um amigo do filho do PM.

O agressor estava acompanhado da mãe e do cunhado. O PM, pai da primeira vítima, tentou socorrer o filho e também acabou esfaqueado. Com isso, o policial levantou-se e atirou em Edinaldo, que morreu no local. A mãe do adolescente baleado foi atingida no braço e o cunhado, na orelha.

Todos os feridos foram socorridos no Hospital Regional de Ceilândia. Dois estão em estado grave. A 23ª Delegacia de Polícia (Ceilândia), responsável pela ocorrência, investiga o caso.

Os bombeiros informaram que as demais vítimas são: João José, 26; Gilmar dos Santos, 55; Luis Filipe, 28; uma mulher identificada apenas como Valéria; e um homem de aproximadamente 30 anos.