*
 

A brasiliense Ludimila Oliveira Barbosa, 40 anos, morreu nesta terça-feira (4/12), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral de Palmas (HGP). Ela estava internada desde domingo (2), após ser atingida por uma lancha do Corpo de Bombeiros quando participava da 6ª etapa do circuito estadual de Maratona Aquática do Tocantins e foi atingida durante uma tentativa de resgate.

Segundo informações da corporação, a hélice do motor da lancha atingiu a perna da atleta. Ela teria pedido para ser retirada da água após desistir da prova durante uma forte chuva. A vítima foi levada ao HGP, onde passou por cirurgia de amputação do pé e estava internada em estado grave.

A morte foi confirmada pela Secretaria Estadual da Saúde de Palmas. Por meio de nota, a pasta informou que mesmo com todos os recursos disponíveis a paciente não resistiu.

Uma amiga da família contou ao Metrópoles que Ludimila é de Brasília, mas morava em Palmas há alguns anos. Ela era triatleta e orientadora educacional no Centro Municipal de Educação Infantil João e Maria. Deixa marido e dois filhos. A previsão é que o corpo dela seja velado em Palmas e chegue ao Distrito Federal até esta quarta-feira (5), onde será enterrado.

 

 

“Perdemos uma colega de trabalho, uma pessoa que conheci na fila de posse do concurso da educação de 2005, ela chegando de Brasília e escolhendo Palmas para morar. Orientadora educacional como eu. Hoje, aqui na sala da direção da ETI Daniel Batista, cargo que ela ocupou por sete anos, tudo aqui tem a sua marca, o quadro na parede, os móveis”, publicou um professor.

O comando dos bombeiros lamentou o ocorrido e disse que “todos os procedimentos necessários para preservação da vida e elucidação dos fatos foram, e estão sendo, tomados”.

A Federação Aquática do Tocantins  (Faeto) afirmou que todas as provas respeitam as regras internacionais e nacionais de segurança na água. A Marinha do Brasil e a Polícia Civil do Tocantins instauraram inquérito para investigar o acidente.

A equipe em que a brasiliense treinava também se manifestou nas redes sociais e lamentou a morte da atleta.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Com muita tristeza e pesar, a Equipe Gustavo Borges informa o falecimento da querida amiga e aluna Ludimila Barbosa de Oliveira. Informamos que hoje NÃO haverá atividades para que possamos prestar nossas homenagens.

Uma publicação compartilhada por Equipe Gustavo Borges (@equipegustavoborges) em