Categorias: Distrito Federal

Brasília tem o metro quadrado mais caro do Brasil

Brasília confirmou a fama de careira e manteve o posto de ter o metro quadrado mais caro do Brasil: em outubro deste ano, a média ficou em R$ 8.218. O número representa quase o dobro do índice nacional, que fechou em R$ 4.867 e ficou acima de destinos turísticos como Rio de Janeiro (R$ 7.266/m²) e São Paulo (R$ 6.875/m²).

O bairro mais caro é o Noroeste (foto em destaque), onde se cobra, em média, R$ 9.677 pelo metro quadrado. Depois, vem o Sudoeste (R$ 9.545/m²), os condomínios do Park Sul (R$ 9.538/m²), a Asa Norte (R$ 8.889/m²) e a Asa Sul (R$ 8.877/m²). O levantamento é da pesquisa “Dados do Mercado Imobiliário”, da empresa VivaReal.

De acordo com a sondagem, as asas do Plano Piloto são as localidades mais procuradas para a compra de imóveis em Brasília. É na Asa Sul, por exemplo, onde fica um triplex de 850m² avaliado em R$ 14 milhões, conforme noticiado pelo Metrópoles. Nesse caso, cada metro quadrado sai pela “pechincha” de R$ 16.470.

Fora do Plano
Para quem mora fora do Plano, o preço é um pouco menos salgado. A média mais cara encontrada pelo estudo foi no Cruzeiro, onde o metro quadrado valia R$ 6.171/m² em outubro. Já a mais baixa do mês foi registrada em Vicente Pires, com R$ 2.185/m² — abaixo de localidades como Ceilândia . Em relação a essa região, há de se ponderar que a cidade ainda não foi totalmente regularizada pelo Governo do DF, o que influencia na redução de preços.

 

Aluguel
Já em relação a aluguel de imóveis, Brasília ocupa a terceira colocação nacional, atrás de São Paulo e Rio de Janeiro. Nessa modalidade, o metro quadrado na capital federal valia R$ 32 em outubro contra R$ 23,68 registrado na média nacional. O número indica redução em relação a setembro, quando o preço ficou em R$ 32,16.

O metro quadrado para aluguel mais caro foi encontrado na Asa Norte, com R$ 35,19. A região é seguida por Asa Sul (R$ 33,33), Sudoeste (R$ 32,41), Lago Norte (R$ 30) e Lago Sul (R$ 21,54). As três mais valorizadas também foram as mais procuradas por pessoas interessadas em alugar imóveis.

Quando se olha para outras localidades, uma surpresa: o preço do metro quadrado do aluguel em Águas Claras em outubro foi de R$ 23,33, maior do que o registrado no Lago Sul. No entanto, há de se levar em conta que a região é composta principalmente por apartamentos, com dimensões mais reduzidas em relação às mansões à beira do lago. Assim, o preço total do aluguel acaba sendo mais barato.

Sobradinho teve o menor preço para aluguel registrado pela pesquisa, com R$ 13,57/m² em outubro. Taguatinga (R$ 15/m²), Samambaia (R$ 15,97/m²), Núcleo Bandeirante (R$ 13,91/m²) e Guará (R$ 19,29/m²) também foram cidades analisadas pelo levantamento.

Pedro Alves

Últimas notícias

Inep: até 40 mil candidatos podem ter tido notas erradas no Enem

Funcionários do Inep passaram a madrugada identificando ao menos quatro falhas em contabilização de notas

8 minutos passados

Brasil retoma busca pelo ouro olímpico desfalcado de estrelas

A equipe treinada pelo técnico André Jardine enfrenta o Peru a partir das 22h30 deste domingo

18 minutos passados

É apaixonado por queijo? Veja 19 pratos de dar água na boca

Da entrada à sobremesa, o versátil ingrediente se aplica em diversos preparos. O Dia do Queijo será celebrado no próximo…

43 minutos passados

Arquiteta cria vestido de horta vertical irrigado por urina

A canadense Aroussiak Gabrielian utiliza o corpo humano como fonte de nutrientes e o solo para a produção de alimentos

47 minutos passados

Enem: notas podem ser alteradas por “inconsistência” em gabaritos

Segundo Abraham Weintraub, até a próxima segunda-feira tudo será resolvido

53 minutos passados

Sarah Poncio e Jonathan Couto vão ter outro filho

O casal já é pai de João e José. Jonathan, porém, tem outra filha, Madalena, com Letícia Almeida

57 minutos passados