Árabe emprestava dinheiro a juros extorsivos para servidores do DF

Homem que agia no Setor Comercial Sul foi preso pela PCDF. Com ele, os policiais encontraram munição e mais de R$ 300 mil

atualizado 08/05/2019 13:45

PCDF/Divulgação

Policiais civis da 24ª DP (Setor O) deflagraram a Operação Caixa Forte, nesta quarta-feira (08/05/2019), que investiga uma associação criminosa suspeita de praticar extorsão, agiotagem, lavagem de dinheiro, comércio ilegal de arma de fogo, munições e receptação.

De acordo com o delegado-chefe da 24ª DP, Ricardo Viana, foram expedidos cinco mandados de busca e apreensão em sete endereços no Distrito Federal, nas regiões administrativas de Riacho Fundo, Candangolândia e São Sebastião. Uma pessoa acabou presa.

“A operação de hoje [terça-feira] resultou na prisão em flagrante de um brasileiro naturalizado, mas oriundo da Jordânia, identificado como Mohammad D.H.M. Com ele, foram apreendidas centenas de cheques que totalizam mais de R$ 300 mil, além de dólar, euro, peso argentino, boliviano e inúmeras cédulas de países árabes”, destacou o delegado.

Segundo os investigadores, o homem ficava no Setor Comercial Sul, onde emprestava dinheiro a juros extorsivos para funcionários públicos e comerciantes da região e, caso houvesse negativa de pagamento, os devedores eram constrangidos.

Na ação, também foram recolhidas várias munições de calibres diversos (9 mm, .38 e uma cápsula deflagrada de fuzil 7.62).

Veja o material apreendido com o suspeito:

Últimas notícias