Após suspensão, agendamento para pessoas com 58 e 59 anos é retomado

Secretaria de Saúde reiniciou a marcação para a vacina contra Covid-19 após quase 4 horas com o serviço indisponível

atualizado 10/06/2021 9:41

Retomada da vacinação professoresArthur Menescal/Especial Metrópoles

O agendamento da vacinação contra a Covid-19 para pessoas com 58 e 59 anos que não tenham comorbidades, no Distrito Federal, foi suspenso temporariamente nesta terça-feira (8/6). Durante parte da manhã e no início da tarde, apenas indivíduos com comorbidades conseguiram agendar a data da imunização no vacina.saude.df.gov.br.

Moradores do Distrito Federal com 58 anos, sem comorbidades, começaram a receber a primeira dose da vacina nesta terça. O agendamento para esse público começou às 17h de segunda-feira (7/6).

De acordo com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, a inclusão da nova faixa etária foi possível graças ao remanejamento de doses restantes de grupos prioritários contemplados anteriormente e que, por algum motivo, não buscaram a vacinação.

O Metrópoles procurou a pasta distrital no início da tarde para saber o motivo da suspensão do agendamento. O órgão informou que, “em uma hora, novas doses serão disponibilizadas para o público de 58 e 59 anos, mediante agendamento no site”.

Após quase 4h de interrupção, o serviço foi reaberto para este público.

Ampliação do público

Nesta terça-feira, durante o lançamento do Renova-DF em Samambaia, o governador Ibaneis Rocha (MDB) mencionou a possibilidade de ampliar o público-alvo na campanha.

“Se chegarem mais vacinas, podemos baixar para 56 e 57 anos. Estamos trabalhando com a expectativa de chegada de mais vacinas até a próxima semana, para diminuir os públicos-alvos”, afirmou.

Últimas notícias