Após oito meses de suspensão, Copa Airlines retoma operações em Brasília

Companhia panamenha inicia voos para o Aeroporto de Brasília, em 9 de novembro. Último voo da companhia foi em 23 de março

atualizado 03/11/2020 15:03

Copa AirlinesDivulgação

Após ficar parada por oito meses devido à pandemia do novo coronavírus, a Copa Airlines retomará as operações no Aeroporto de Brasília. A partir de 9 de novembro, a companhia panamenha volta a atuar na capital.

O último voo da Copa Airlines havia sido em 23 de março. A empresa retoma os voos no DF com frequência semanal em novembro e, em dezembro, passa a ter três saídas por semana. O aeroporto do Panamá é um dos principais centros de conexão da América Latina, com diversos voos ligando as Américas. O tempo de voo até a Cidade do Panamá é de 6h10.

De acordo com Christophe Didier, vice-presidente  Global de Vendas da Copa Airlines, poder retomar os voos na cidade é estratégico para a companhia. “Brasília está bem no centro, no coração do país. Agora, nossos clientes brasileiros terão mais essa opção para viajar conosco e conhecer as nossas medidas de biossegurança, que ajudam a garantir uma viagem segura para todos. Estamos bastante empolgados com essa novidade”, declarou.

A Copa Airlines conecta seus destinos no Brasil ao Panamá (Cidade do Panamá e David), México (Cidade do México e Cancún), Estados Unidos (Miami, Nova York, Washington DC, Los Angeles e Orlando), Canadá (Calgary, Montreal, Toronto e Vancouver), República Dominicana (Santo Domingo e Punta Cana), Equador (Quito e Guayaquil), Guatemala (Guatemala), Honduras (San Pedro Sula e Tegucigalpa), El Salvador (El Salvador), Porto Rico (Santa Cruz), Jamaica (Kingston e Montego Bay), entre outros destinos que são adicionados semanalmente à malha regional.

Retomadas

A Inframerica, administradora do terminal de Brasília, vem tomando diversas medidas preventivas contra a Covid-19 e, com a reabertura da área internacional, as ações estão intensificadas. A cada voo internacional, a sala de embarque recebe uma desinfecção meticulosa, com produtos sanitários de higienização de UTIs hospitalares.

O espaço está todo sinalizado, alertando aos passageiros sobre o distanciamento social. Há também pontos de álcool em gel distribuídos em todo o percurso do passageiro, e bombeiros civis da concessionária medem a temperatura de quem embarca e desembarca em Brasília.

0

“Aos poucos, os países estão abrindo as suas fronteiras, e estamos retomando as operações internacionais que tínhamos. Mas estamos atentos à evolução e à disseminação da Covid-19 nas regiões onde temos voos”, declara Roberto Luiz, head de Negócios Aéreos da Inframerica.

Para consultar os voos disponíveis em novembro e dezembro, é possível acessar o site copa.com para conferir todos os itinerários e fazer reserva.

O uso da máscara facial é obrigatório e indispensável no aeroporto de Brasília. O passageiro pode ser impedido de embarcar se não estiver usando o acessório.

Mais lidas
Últimas notícias