Após kombi pegar fogo, grupo faz vaquinha para ajudar catador no DF

Incêndio ocorreu na SQA, no Guará 2, no último domingo. Moradores conseguiram mais de 200 transferências para comprar um carro novo

atualizado 23/02/2021 11:21

Divulgação/Arquivo pessoal

Moradores da Superquadra Atlântica (SQA), no Guará 2, criaram um grupo com o objetivo de arrecadar dinheiro para comprar uma nova kombi para um catador de recicláveis. O antigo carro do trabalhador pegou fogo e ficou totalmente danificado. O incêndio ocorreu no motor do veículo, no último domingo (21/2). Ninguém se feriu.

A vizinhança da SQA presenciou tudo e, por esse motivo, resolveu se mobilizar para ajudar o catador.

Ao Metrópoles, Carlos Antônio dos Santos, de 51 anos, contou o drama. Ele disse que usava o carro para trabalhar, transportando papelão e outros materiais recicláveis para a venda e meio de sobrevivência de sua família.

Veja o vídeo do incêndio:

“É desse carro que eu faço o dinheiro do que eu vivo. O que sustenta a minha família. Já era uma kombi velha, de 1996, mas ainda me servia. As pessoas se comoveram com a minha situação. Fiquei desesperado e, agora, estou feliz pela campanha para conseguir o dinheiro de outro carro”, comenta.

Mas, as dificuldades vão além da coleta de recicláveis. Carlos é pai de quatro filhos. O mais velho deles, de 19 anos, está acidentado, quebrou o braço e aguarda por uma cirurgia no Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). A família mora na Cidade Estrutural e não tem condições de arcar com os custos do tratamento.

“Já estamos numa situação muito ruim. O meu filho sofreu um acidente a aguarda uma cirurgia no Base com risco de perder o braço. Ele está com muita dor e espera por uma resposta que não chega. Com o que ganhamos da reciclagem, só dá para sobreviver. Ainda não sei como ajudar o meu filho”, lamenta.

Imagens da kombi pegando fogo:

0
Ajuda

O grupo foi criado ainda no domingo. Uma das moradoras responsáveis por colher as doações financeiras, a servidora pública Roberta Resende, 42, explicou como tudo aconteceu.

“Estávamos em casa quando escutamos gritos de desespero porque o carro estava pegando fogo. Ligamos para os bombeiros e outros vizinhos desceram com extintores de incêndio para ajudá-lo a conter as chamas. Ficamos todos preocupados e resolvemos ajudar. Eu recolhi rapidamente um pouco de dinheiro em casa e desci para entregar, nesse momento, outros vizinhos sugeriram a vaquinha”, explica a servidora pública.

Segundo Roberta, em poucas horas, os moradores conseguiram recolher doações. Na manhã desta terça-feira (23/2), o grupo já contava com mais de 200 transferências de valores diversos.

“Recebemos ajuda do pessoal da SQA, de outros prédios no Guará, diversas regiões do DF e até de outros estados. Uma rede solidária muito bacana se formou. Com certeza vamos conseguir comprar um carro muito melhor para o sr. Carlos”, diz Roberta.

Quem quiser contribuir pode entrar em contato com Carlos pelo telefone (61) 99868-1067.

Últimas notícias