*
 

A ação de servidores da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) revoltou moradores de Águas Claras na noite de sexta-feira (15/9). A confusão foi registrada em vídeos e diversos relatos sobre o episódio circularam pelas redes sociais.

“Eles chegaram como se fosse uma invasão ao morro, sei lá … Entraram com duas vans e uma kombi, arrancando as mesas (de um bar) e mandando todo mundo sair. Sinceramente, acho que o papel da Agefis não é esse… Mas foi tenso e constrangedor. Inclusive foi negado o nome do coordenador dessa ação”, disse outro morador no grupo.

Em nota, a Agefis esclareceu que, nesta sexta-feira (15), ao realizar operação contra ocupação irregular de área pública na praça da estação Arniqueiras, em Águas Claras, constatou a utilização de mesas e cadeiras nas calçadas, o que interferia na livre circulação dos pedestres e acessibilidade.

“Desta forma, foi solicitado que os bens fossem retirados, mas a medida não foi cumprida pelos proprietários. Consequentemente, a Agência usou da ação de fiscalização para apreender os materiais identificados na área.”

A Agefis ressalta que essa é uma demanda frequente da Administração Regional e dos moradores das redondezas. Quatro bares/lanchonetes fiscalizados nesta sexta-feira já haviam sido notificados pela Agência em operações anteriores e podem ser alvo de novas ações.

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) determinou que todos os fatos sejam apurados. (Com informações do DF Águas Claras)

 

 

COMENTE

Águas ClarasAgefis
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito