E-commerce no Brasil tem a maior alta no 1º semestre em 20 anos

Com a pandemia e o varejo fechado, os consumidores optaram por fazer suas compras online. Com as vendas, o e-commerce fechou o primeiro semestre de 2020 com uma alta de 47%, o maior crescimento em 20 anos. Os números foram registrados em uma pesquisa realizada pela Ebit | Nielsen, em parceria com a Elo.

atualizado 28/09/2020 12:03

Medidas de distanciamento social, provocadas pela pandemia da Covid-19, forçaram muitos estabelecimentos comerciais físicos a trabalhar em horários reduzidos ou, até mesmo, fechar suas portas. Devido a essas restrições, muitos clientes se viram sem opção, a não ser realizar suas compras por meio dos e-commerces.

Tal realidade impulsionou diretamente o crescimento do setor, que fechou o primeiro semestre de 2020 com uma alta de 47%, o maior crescimento em 20 anos. Os números foram registrados em uma pesquisa realizada pela Ebit | Nielsen, em parceria com a Elo.

E-commerce: a nova força do mercado brasileiro

Em sua 42ª edição, o estudo Webshoppers – pesquisa realizada semestralmente com o objetivo de analisar o crescimento do comércio eletrônico brasileiro – encontrou dados empolgantes sobre o crescimento do e-commerce em 2020.

De acordo com os dados, o aumento do faturamento foi impulsionado diretamente pela alta no número de pedidos, que totalizaram 90,8 milhões, isto é, 39% a mais do que o primeiro semestre de 2019. O ticket médio também passou por um crescimento em relação ao mesmo período, indo de R$ 404 para R$ 427. No total, 7,3 milhões de brasileiros fizeram sua primeira compra online nesse período.

Quais foram os setores com o maior aumento?

Muitos setores cresceram durante o período analisado. No entanto, a categoria com o maior crescimento foi a de informática, com 101% a mais que o mesmo período do ano passado. Esse dado é recebido sem surpresas, uma vez que escritórios também sofreram restrições de circulação, fazendo com que as pessoas tivessem que adquirir novos produtos para trabalhar de casa mais confortavelmente.

Outra categoria em destaque é a de construção e ferramentas, com um aumento de 100%, e a de Esportes, com alta de 63%. Entre os setores que sofreram queda, estão o de acessórios automotivos (-52%), o de bebidas (-13%) e o de alimentos (-1%).

Como uma empresa pode se destacar nesse mercado?

Esses números apontam para uma realidade que já é conhecida por aqueles que trabalham em e-commerces: a cada ano, mais consumidores descobrem as facilidades de fazer compras online.

Sendo assim, empresas que planejam estratégias para atrair novos clientes, e fidelizar os já existentes, saem na frente, tendo mais chances de gerar conversões. Mas, afinal, como alcançar mais clientes em meio a uma concorrência acirrada?

O SEO para e-commerce – técnica para atração de tráfego orgânico para sites e páginas – é uma das melhores maneiras para empresas se estabelecerem como referência sem gastar com anúncios patrocinados.

SEO para e-commerce: a maneira certa de conseguir novos clientes no digital

Comerciantes sabem que o cliente é a parte mais importante do negócio; mas, no SEO, essa verdade é ainda mais óbvia. Se uma empresa quer que sua página seja o resultado para a busca de um potencial cliente, então, o seu site deve ser pensado para otimizar a experiência de compra do usuário em todos os sentidos. Tal preocupação deve se estender desde a velocidade de carregamento da página, até a qualidade do conteúdo apresentado.

A Consultoria Digital é especialista em SEO para lojas online

A Consultoria Digital é uma agência de criação de Conteúdo, Marketing Digital e de Inbound Marketing, sendo especialista na utilização de ferramentas de SEO para e-commerce, visando à conversão em vendas.

Por meio da criação de sites otimizados e de conteúdos relevantes, a Consultoria Digital é capaz de ajudar clientes dos mais variados segmentos a alcançar os resultados orgânicos que tanto desejam, experimentando um aumento nas conversões de seus e-commerces.

Website: http://consultoriadigital.com.br

Últimas notícias