Conteúdo especial

Terceira parcela do IPTU 2021 vence nesta semana para moradores do DF

Imposto pode ser pago no BRB, Caixa Econômica Federal e em outras oito instituições. Prazo varia entre 19 e 23 de julho

atualizado 19/07/2021 15:07

Donos de imóveis no Distrito Federal devem ficar atentos à data de vencimento da terceira parcela do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbano (IPTU) e da Taxa de Limpeza Pública (TLP), marcada para os dias 19 a 23 de julho. Os pagamentos são definidos de acordo com o número final da inscrição do imóvel no Cadastro Imobiliário do DF (CI/DF). A última parcela vence em agosto. 

Os boletos emitidos pela Secretaria de Fazenda do DF são enviados para os Correios e entregues no endereço cadastrado do contribuinte e também estão disponíveis pela internet no Portal da Receita: www.receita.fazenda.df.gov.br ou no aplicativo Economia DF, acessível para os  sistemas iOS e Android

Há exceção para aqueles que adiantaram alguma cota e para quem fez a indicação do programa Nota Legal. Neste caso, o boleto com desconto pode ser emitido no site ou no app da Secretaria de Economia.

IPTU
Terceira parcela do IPTU do ano vence nesta semana

Os contribuintes voltam a contar com os serviços da Caixa Econômica Federal para recolhimento de documentos de arrecadação e tributos. Contrato firmado entre a instituição e a Secretaria de Economia (Seec) retoma os pagamentos nos guichês, terminais de autoatendimento, internet banking e casas lotéricas.

Com a parceria, o pagamento poderá ser feito junto à Caixa Econômica, que também oferece agendamento eletrônico e débito automático dos pagamentos para quem é cliente do banco.

O BRB, Banco do Brasil, Santander, Banco Inter, Banco Original, Bradesco, Itaú, Banco Mercantil do Brasil e Sicoob, que já recebiam o pagamento do imposto, seguem habilitados. 

O cálculo do IPTU e TLP é feito da seguinte forma:

  • Para imóveis residenciais, a alíquota do imposto é de 0,3% sobre o valor da propriedade.
  • No caso de prédios comerciais ou em construção, a taxa é de 1%.
  • No caso de terrenos sem obras e com estruturas em demolição ou condenadas, o índice é de 3%.

Auxílio ao setor produtivo

Para ajudar comércios afetados pela pandemia de Covid-19 no DF, o Governo do Distrito Federal (GDF) prorrogou o pagamento do IPTU. O imposto e o TLP poderão ser quitados em 12 parcelas a partir de dezembro deste ano. 

A medida tem por objetivo amenizar os efeitos da queda no faturamento dos setores de bares, restaurantes, lanchonetes, segmento de eventos, academias, hotéis, shopping centers e salões de beleza. Os valores de IPTU e TLP previstos para esses estabelecimentos somam cerca de R$ 70 milhões.

0

O contribuinte que atua em um desses setores não precisa solicitar a prorrogação de vencimento do IPTU/TLP. Todavia, deve se atentar, pois não será enviado carnê com os novos vencimentos pelos Correios. O usuário deverá emitir os boletos diretamente no Portal de Serviços da Receita no DF, www.receita.fazenda.df.gov.br ou no aplicativo Economia DF, a partir de 1º de maio.