Evento discute a importância do open source para o futuro digital

O Red Hat Tech Tour 2019 apresentou, em Brasília, as possibilidades que novas tecnologias abertas podem oferecer ao mercado

atualizado 24/10/2019 13:54

Com o objetivo de promover questões sobre a importância das tecnologias abertas para a transformação e modernização de serviços digitais para corporações e governos, a Red Hat, líder no segmento de soluções open source, realizou nesta quarta-feira (23/10/2019), em Brasília, o Red Hat Tech Tour 2019 – Think about the future.

O evento reuniu executivos, especialistas e parceiros da empresa para debater como o open source, termo em inglês que significa código aberto e que diz respeito ao código-fonte de um software, que pode ser adaptado para diferentes fins, abre possibilidades para que o futuro digital seja ainda mais ágil e inovador. Na oportunidade, foram apresentadas experiências e dados do uso dessa tecnologia. De acordo com Gilson Magalhães, presidente da Red Hat Brasil, o open source tem sido base de grande parte dos novos projetos relacionados à tecnologia da informação.

André Borges/Esp.Metrópoles
Gilson Magalhães, presidente da Red Hat Brasil, ressalta que o open source abriu as portas para um futuro mais ágil e inovador

Com a possibilidade de colaboração, as soluções são encontradas mais rapidamente. O código aberto é o futuro da TI e para a humanidade avançar, em todos os sentidos

Gilson Magalhães, presidente da Red Hat Brasil

A vantagem do open source

Um dos grandes benefícios desse tipo de modelo de desenvolvimento, criado em 1998, é que, por ser público, pode ser modificado e aperfeiçoado por qualquer pessoa. A licença do programa impede restrições ao uso dos sistemas, incluindo distribuição comercial. Deste modo, há possibilidade de serem utilizados em empresas sem nenhum custo.

Para Boris Kuszka, diretor dos Arquitetos de Solução da Red Hat, o sistema é totalmente meritocrático. “Os colaboradores são vistos e reconhecidos, além de poderem adquirir um grande conhecimento prático e de oportunidades profissionais”, explica. A Red Hat é considerada a maior empresa open source do mundo, oferecendo constantes melhorias, suporte e soluções dos softwares abertos para o uso corporativo. A marca tem como filosofia solucionar problemas, contribuir com ideias inovadoras e testar novas tecnologias.

André Borges/Esp. Metrópoles
“O open source é um sistema meritocrático”, conta Boris Kuszka, diretor Arquitetos de Soluções da Red Hat

Imprescindível para o governo

O open source traz como um dos principais pilares a resolução de problemas. Não é por menos que o sistema parte de projetos comunitários com a realização de experimentações, novas ideias e pesquisas. Boris Kuszka, diretor dos Arquitetos de Solução da Red Hat, ressalta que a tecnologia impacta de forma positiva todos os setores, inclusive o governo. “Ser ágil é imprescindível para atender preocupações urgentes. No caso do governo, o open source pode refletir em melhorias, como na educação, na saúde, na mobilidade urbana e na energia”, conta.

Kuszka também destaca o funcionamento dos softwares open source. “O principal motor desse tipo de tecnologia é o que chamamos de plataforma de container, que nos permite criar esteira de desenvolvimento para termos uma ideia e colocá-la em prática o mais rápido possível”, explica. Nesse sistema efetuado pela Red Hat, há possibilidades mais robustas e com maior escopo.

Parcerias humanizadoras

Uma das premissas da Red Hat também é colaborar com entidades carentes. Em Brasília, a marca tem parceira com o Instituto Doando Vida (IDV), que atende crianças da Cidade Estrutural e da Chácara Santa Luzia, uma invasão distante 15 km do centro de Brasília. O IDV foi criado em 2017 e oferece auxílios, como alimentação balanceada, atividades pedagógicas e lúdicas. São 60 crianças, de 2 a 5 anos, que participam do projeto.

Andre Borges/Esp. Metrópoles
O Instituto Doando Vida atende crianças da Cidade Estrutural e da Chácara Santa Luzia

A empresa

Há mais 25 anos no mercado internacional, a Red Hat é uma empresa voltada ao fornecimento de soluções de software open source para TI corporativa. Líder mundial no segmento e na terceira posição da Forbes na categoria funcionários satisfeitos, a marca conta com tecnologias confiáveis e de alto desempenho de cloud, Linux, middleware, armazenamento e virtualização. A Red Hat também oferece serviços de consultoria, de formação e de suporte premiados, além de auxiliar na criação de tecnologias relevantes e facilitadoras para os clientes, visando implementar a cultura de inovação digital.

André Borges/Esp.Metrópoles
A Red Hat é líder mundial no segmento open source

Red Hat

Site: Red Hat

Redes sociais: Facebook, Linkedin e Twitter

Últimas notícias