ONG oferece programa de intercâmbio com foco em liderança

Voltada ao público de 18 e 30 anos, a AIESEC oferece projetos de vivência no exterior que estimulam competências e habilidades


Conhecer novas culturas, realizar voluntariado e trabalhar em startups ou empresas. Essas são algumas das possibilidades enriquecedoras e inesquecíveis para quem deseja uma vivência em outro país. Com o objetivo de desenvolver competências e habilidades de liderança por meio de intercâmbio social e profissional, a Organização Não Governamental (ONG) AIESEC oferece programas que impactam a vida de jovens de 18 a 30 anos.

A AIESEC oferece programas de intercâmbio voluntário e profissional para jovens de 18 a 30 anos

 

A instituição, reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), está presente em 126 países e territórios e viabiliza intercâmbios em diversos países, como Colômbia, Índia, Hungria, México e Egito. O programa pode ter duração de seis semanas a um ano. Kym Asscher Moreira, presidente da AIESEC Brasília, explica que o modelo proposto pela instituição é totalmente diferente de uma agência de viagem. “Nosso intuito é que a pessoa possa desenvolver e despertar a consciência pessoal e global”, conta.

Experiências inesquecíveis
A estudante brasiliense de arquitetura e urbanismo Vivianne Martins Miranda, 23 anos, fez as malas rumo ao Egito em busca de desafios e autoconhecimento. Por seis semanas, ela participou do programa Voluntário Global, que realiza trabalhos sociais em regiões pobres do exterior, e garante: foi a melhor experiência da sua vida.

“Sou apaixonada pela área social e a oportunidade de ir pra outro país realizar esse tipo de trabalho foi incrível”, relata. A estudante também lembra das primeiras impressões: “Foi um choque cultural enorme, mas todos os dias eram surpreendentes e desafiadores”.

1/4
Vivianne Miranda foi para o Egito realizar o programa Voluntário Global
Ela ficou no país durante seis semanas
O choque cultural foi um dos principais desafios encontrados
A AIESEC oferece todo apoio aos intercambistas

 

Vivianne ainda destaca que o crescimento pessoal em um programa nesse formato é enorme, mas alerta aos interessados que é preciso ir com a mente aberta. “Não é um intercâmbio convencional. São propostas desafiadoras, onde diariamente terá alguém te guiando no que deve ser feito, com objetivos determinados”, explica. A jovem conta que colaboradores da AIESEC do país destino e local ficaram em permanente contato e se mantiveram dispostos a ajudar em tudo que fosse necessário para a adaptação.

A gestora de políticas públicas Thaís Baesse, 27, tinha o desejo de buscar uma nova experiência profissional para agregar ao currículo. Optou em ir para a Argentina, por meio do programa Empreendedor Global. Após trabalhar por dois meses em uma startup, na cidade de La Plata, ela conta que a imersão a impactou positivamente.

Realizar esse intercâmbio me proporcionou autoconhecimento profissional, além de mostrar que sou adaptável e capaz de atuar em diversas áreas. Ainda pude aprimorar meu espanhol que, hoje em dia, é um diferencial no mercado de trabalho

Thaís Baesse, gestora de políticas públicas
1/3
Thaís Baesse passou dois meses na cidade de La Plata, na Argentina
Ela participou do programa Empreendedor Global da AIESEC
O projeto permite a imersão em empresas ou startups para crescimento profissional

 

Thaís conta ter vivido momentos inesquecíveis. “Consegui me conectar muito com o país e com as pessoas que conheci por lá. Na minha despedida, por exemplo, fizeram uma festa que ficou muito marcada na minha memória e foi um momento especial porque percebi que fui bem querida”, lembra. Ela também destaca o suporte que a ONG ofereceu desde a preparação para as entrevistas nas empresas estrangeiras até a preocupação de como estava sendo a vida dela no país hermano. “Sempre um responsável da organização me perguntava como eu estava e se necessitava de algo específico”, afirma.

Os interessados em realizar intercâmbio pela AIESEC possuem três opções: Voluntário Global, Empreendedor Global e Talentos Globais. Confira cada um deles:

  • Voluntário Global: é desenvolvido projeto social em uma ONG, escola ou outro tipo de instituição no exterior por um período de seis a oito semanas. Cada ação está relacionada a um Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, englobando, deste modo, temáticas variadas, como a busca por melhoria da educação e preservação do meio ambiente. O programa é indicado para os intercambistas que se sentem motivados a trabalhar e a contribuir pelo próximo. O pré-requisito é ter entre 18 e 30 anos.
  • Empreendedor Global: imersão em uma startup do exterior durante seis a 12 semanas, adquirindo experiências práticas na área de estudo, networking e desenvolvendo seu espírito empreendedor. A AIESEC Brasília possui quatro grandes projetos para seu programa Empreendedor Global: Malala, para mulheres de todos os campos de estudo; Archimedes, para estudantes de todas as engenharias; ODS#8, para estudantes de áreas de negócios, sejam administração, contabilidade, Recursos Humanos e correlatas; e Mete a cara, para estudantes das áreas de comunicação, seja publicidade, design, marketing e correlatas. Os pré-requisitos são ter entre 18 e 30 anos, além de um domínio básico de inglês.
  • Talentos Globais: aquisição de experiência profissional em escolas ou empresas do exterior por um período de duração maior, entre seis a 12 meses. A AIESEC Brasília possui dois grandes projetos para seu programa Talento Global: Future, voltado para profissionais de tecnologia e suas mais diferentes vertentes; e o Giz, direcionado para especialistas de educação, mas com um grande foco em professores de inglês. Os pré-requisitos são ter entre 18 e 30 anos, inglês ou espanhol avançado e experiências práticas na área de atuação. Nesse programa, o intercambista recebe uma bolsa-auxílio para se manter no país de destino.

Apoio total
Segundo Kym Asscher Moreira, presidente da AIESEC Brasília, a organização se compromete em auxiliar o candidato a encontrar a vaga certa para o perfil, além de tirar dúvidas e colocá-lo em contato com o escritório ou lar para onde irá durante a viagem. Também afirma que o intercambista conta com apoio por todas as fases do programa (antes, durante e depois), incluindo transporte, acomodação e preparo para o projeto escolhido.

Nosso papel é organizar toda a logística da viagem. A pessoa conta com suporte tanto da AIESEC que a envia quanto da AIESEC que a recebe. Ainda acompanhamos os intercambistas durante todo o processo, bem como verificamos se tudo está ocorrendo corretamente

Kym Asscher Moreira, presidente da AIESEC Brasília
“Nosso intuito é que a pessoa possa desenvolver e despertar a consciência pessoal e global”, destaca Kym Asscher Moreira, presidente da AIESEC Brasília

 

O viajante também contará com a descrição completa do programa escolhido, bem como carga horária e responsabilidades. Além disso, a AIESEC oferece diversos espaços de reflexão e aprimoramento de habilidades durante o intercâmbio, para que a experiência seja completa e realmente impacte na vida da pessoa e da cidade. Os interessados podem se inscrever neste link e um colaborador da AIESEC entrará em contato para buscar a vaga ideal para o seu perfil.

A organização oferece três modelos de projetos: Voluntário Global, Empreendedor Global e Talentos Globais

 

Educação do Amanhã 2019

Lançado em 2018 pelo Metrópoles, o projeto Educação do Amanhã tem o objetivo de discutir novas metodologias e conceitos do processo educativo, além de estimular novas habilidades nos jovens do século 21.

Neste ano, ao longo de duas semanas, o portal publicará uma série de conteúdos relacionados às mudanças na área da educação: o que esperar da escola do futuro, o universo tecnológico e as tendências no processo de aprendizagem. Além, é claro, do novo papel do professor diante deste cenário repleto de desafios. A iniciativa tem patrocínio da Casa Thomas Jefferson, Colégio Ideal, Colégio Objetivo, AISEC e Colégio Marista João Paulo II.

Evento gratuito

O encerramento do projeto será marcado com a realização de um seminário no auditório do Edifício Íon, na SQN 212, Asa Norte (DF), que incluirá palestras inspiracionais, impactantes e reflexivas sobre como o processo educacional está em transformação nos dias atuais.  As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo Sympla. Confira as palestras:

Educação para o século XXI
Palestrante: Rui Fava

A sala de aula inovadora
Palestrante: Fausto Camargo

Culturas de pensamentos e investigação na escola
Palestrante: Clarissa Bezerra

AIESEC
Site: AIESEC
Redes sociais: InstagramFacebook e YouTube
Endereço: Asa Norte – SCRN 716, bloco B, Edifício Marcela, Sala 105/107
Contato: (61) 3033-8773