O que é o orgasmo cerebral e como saber se você já teve um

A sexóloga Michelle Sampaio lembra que é preciso focar em outras formas de prazer. Uma delas é o ASMR, ou orgasmo cerebral

Já teve uma sensação de prazer intenso e um relaxamento tão profundo que você gozou sem nem precisar de um estímulo genital? Isso é possível, acontece e tem nome: orgasmo cerebral. Apesar de haverem outras formas de “chegar lá”, a maioria das pessoas falam e ficam focadas apenas no sexual.

A sexóloga Michelle Sampaio lembra que é preciso focar em outras formas de prazer. Uma delas é o ASMR, ou orgasmo cerebral. Ele consiste em sons, sussurros e movimentos que, à primeira vista, podem parecer bizarros, mas causam uma sensação quase hipnótica de relaxamento e formigamento.

1/4
O orgasmo cerebral provoca uma profunda sensação de relaxamento
Pode ser atingido por qualquer pessoa
Geralmente, acontece por estímulos sonoros
E é conhecido também com ASMR

ASMR

A sigla significa Autonomous Sensory Meridian Response, ou Resposta Sensória Meridiana Autônoma. O nome técnico foi criado em 2010 para se referir ao orgasmo no cérebro. De acordo com a sexóloga, é diferente daquele arrepio simples que sentimos em alguma área do corpo: “Envolve uma sensação no topo da cabeça, ou atrás do pescoço que desce devagar pela espinha”.

Prazer na cabeça

Para muitos pesquisadores, é difícil analisar exatamente quais áreas do cérebro são ativadas nesse tipo de orgasmo. À Pouca Vergonham, a especialista esclarece que ele se refere a algo bastante subjetivo, porém, parecido a um estado de transe. “É difícil descrever com palavras”, resume a expert. 

Todo mundo pode ter?

Michelle esclarece que nem todas as pessoas já alcançaram esse tipo de prazer, assim como não é todo mundo que conseguiu chegar ao orgasmo genital.

Também é possível que a pessoa já tenha tido essa experiência sem saber do que se tratava. 

Como chegar lá

A dica para tentar esse tipo de prazer é se concentrar no que causa essa sensação: “Ela pode vir de diferentes estímulos, como uma voz suave, um sussurro ou ruídos”, indica.

Atualmente, há mais de 10 milhões de vídeos disponíveis no YouTube sobre esse conteúdo. 

Outras formas de prazer

Vale ressaltar que existem também outras formas de orgasmo fora do sexo. “Existem pessoas que atingem-no praticando atividade física. Isso ocorre porque o corpo aumenta o fluxo sanguíneo na região genital. Mesmo sem tocar a área, a pessoa pode gozar”, explica.

Quer ficar por dentro das novidades de astrologia, moda, beleza, bem-estar e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles:https://t.me/metropolesastrologia