Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Médicos usam serra elétrica em caso de “estrangulamento de pênis”

Após tentar improvisar anel peniano para prolongar ereção, paciente marroquino fica com órgão preso e precisa de intervenção médica

atualizado 27/04/2021 8:29

Serra elétricaFoto: Benjamin Egerland / EyeEm/Getty Images

Ainda que seja certa a informação de que, no prazer, tudo é válido desde que com consentimento, vale lembrar: mesmo consentido, também é importante levar em consideração a segurança do que está sendo feito.

Um marroquino aprendeu a lição da pior forma possível. Um homem viciado em drogas foi atendido no Hospital Universitário de Marrakech às pressas com o pênis “estrangulado” por um anel de ouro de 4cm de diâmetro.

Segundo o paciente, o sex toy improvisado foi usado por ele para manter uma ereção enquanto se masturbava. Contudo, o anel ficou preso e fez com que tanto o pênis quanto o saco escrotal ficassem “inchados, azuis e frios ao toque”. O caso foi publicado no Urology Case Reports.

No início do atendimento, os médicos tentaram a retirada com um alicate, sem sucesso. O próximo passo, ainda que extremo, foi o que salvou o pênis do paciente: retirar o anel com uma serra elétrica.

A operação foi um sucesso, mas para que não ocorresse queimaduras no órgão os médicos precisaram aplicar água fria no local durante todo o procedimento. Não houve nenhum dano persistente e o pênis e saco do marroquino voltaram aos seus tamanho e cor normais.

Ainda que esse tenha sido um final feliz, casos de estrangulamento do pênis são sérios e podem levar até mesmo à necessidade de amputação do pênis. Logo, fica a lição: nada de improvisar sex toys!

Últimas notícias