Após confusão, polícia bate em condomínio de Dado Dollabela

Vizinha ligou para colunistas para acusar Dado de agressão. Ele, no entanto, negou discussão em seu apartamento

A semana não começou bem para Dado Dolabella. Na manhã de segunda (20/4), a polícia apareceu no condomínio onde ele mora, na zona oeste do Rio, e levantou rumores sobre o relacionamento do ator, que já tem histórico com a Justiça.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, uma vizinha  entrou em contato com ela para acusá-lo de agredir a namorada, Nina Dollabela.

Procurado, o ator negou a informação e afirmou que os agentes estavam apurando outra ocorrência.

“Parece que teve uma denúncia de alguma discussão, eles bateram em alguns apartamentos aqui do bloco, incluindo o nosso. Tomamos até um susto! Mas por aqui está tudo bem”, disse.

1/7
Dado e Nina Dollabela
Eles estão juntos desde dezembro do ano passado e planejam se casar
Casal passou o ano novo com a família
A agressão a Luana ocorreu em 2008, quando ele matinha um relacionamento com a atriz
Em entrevistas, ele chegou a afirmar que batia nela
O episódio marcou sua carreira
Dado sendo conduzido por policiais
Histórico

Dado tem um histórico com a Justiça. Ele foi condenando em 2014 pela Lei Maria da Penha por agredir fisicamente Luana Piovani, sua então namorada, e a camareira da atriz, Esmeralda Souza.

Já em 2017, Dado foi preso por não pagar a pensão alimentícia de um de seus três filhos e chegou a ser monitorado por tornozeleira eletrônica.

Ele é pai de João Valentim, de dez anos, de sua relação com a publicitária Viviane Sarahyba, e de Eduardo, de dez, da relação do ator com Fabiana Vasconcelos, além de Ana Flor, de oito, com Juliana Wolter.